Entretenimento

S&P considera baixar nota da News Corp. após escândalo

18/07/2011 20h08

NOVA YORK, 18 Jul 2011 (AFP) -A agência de classificação de risco Standard & Poor's informou nesta segunda-feira que considera baixar a nota do grupo de mídia News Corp., atualmente em BBB+, devido ao escândalo de escutas ilegais protagonizado pela empresa na Grã-Bretanha.

A decisão da Standard & Poor's "reflete o aumento dos riscos associados às atividades e à reputação" do grupo, "em um momento em que o processo judicial amplia-se", disse a agência em comunicado.

"O processo judicial na Grã-Bretanha ampliou-se e as pressões provenientes de legisladores americanos em favor de uma investigação do FBI ficaram mais intensas", completa a S&P.

O escândalo das escutas já provocou uma dezenas de prisões na Grã-Bretanha, sobretudo a da ex-diretora-geral do braço britânico da News Corp., Rebekah Brooks.

A Polícia Federal americana anunciou paralelamente em 14 de julho que tinha aberto uma investigação sobre escutas telefônicas feitas pela News Corp. nos Estados Unidos.

Esses fatos, assim como "outros espisódios recentes, aumentam os riscos vinculados à reputação, à gestão e aos procedimentos judiciais que enfrenta atualmente a News Corp. e suas filiais", estima Michael Altberg, analista na S&P, citado no comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo