Entretenimento

Milhares de fãs aguardam ansiosos estreia de Harry Potter em Londres

07/07/2011 10h23

LONDRES, 7 Jul 2011 (AFP) -Milhares de fãs aguardavam na manhã desta quinta-feira no centro de Londres a estreia mundial do último filme de Harry Potter, um grande evento para encerrar com chave de ouro quase 15 anos de aventuras do jovem bruxo e um dos maiores sucessos da história editorial e do cinema.

"É o melhor dia da minha vida", afirmou Lou Ravelli, que completará 14 anos dentro de duas semanas e ganhou de presente da mãe o que sempre sonhou: assistir a estreia de um filme de Harry Potter.

"Sou fã desde muito pequena", acrescentou a adolescente, vestida com uma capa de bruxo e com uma varinha.

A família embarcou em um avião em Rodez, sul da França, e está acampada desde quarta-feira em Trafalgar Square, a monumental praça do centro de Londres, pela qual devem desfilar à tarde as estrelas de "Harry Potter e as Relíquias da Morte. Parte 2", oitavo e último filme da franquia baseada na saga escrita pela britânica J.K. Rowling.

Milhares de fãs permanecem atrás das barreiras de segurança que cercam o tapete vermelho, pelo qual devem desfilar Daniel Radcliffe (Harry Potter), Emma Watson (Hermione Granger) e Rupert Grint (Ron Weasley), os protagonistas.

Os atores saudarão a multidão a partir das 15h00 GMT (12H00 de Brasília), antes de caminhar pelos quase 1.000 metros que os separam de Leicester Square, onde está prevista a exibição do longa-metragem três horas depois, por uma reconstituição do "Beco Diagonal", o local onde os magos compram suas varinhas, vassouras, livros e até corujas.

Alguns fãs estão há vários dias no local, apesar das fortes chuvas e da temperatura baixa. Com uma alimentação baseada em biscoitos e doces, tentam dormir um pouco sob as mantas, capas e guardas-chuvas.

"É realmente importante para mim. É o fim da minha infância", explica a saudita Rowidah Alnajar, de 20 anos, que fez uma maquiagem com a famosa cicatriz de Harry Potter em forma de raio.

O luto será duro para milhões de 'pottermaníacos' em todo o mundo, já que o filme conclui uma era iniciada em 1997 com a publicação do primeiro livro, "Harry Potter e a Pedra Filosofal".

"Todos choramos. Todos ... quando terminaram as filmagens", explicou Rupert Grint, resumindo os sentimentos da equipe.

"'Me sinto triste. Quero outro filme", disse Brodie Chipchase, de 14 anos.

Mas esta possibilidade é pouco provável. J. K. Rowling descartou em várias ocasiões a chance de uma continuação.

"Seria uma pena recriar ou continuar as aventuras", afirmou no mesmo sentido David Heyman, produtor dos oito filmes.

Harry Potter é um dos maiores êxitos da história editorial e cinematográfica, com mais de 400 milhões de livros vendidos em quase 70 línguas e a arrecadação mundial na bilheteria de 6,4 bilhões de dólares.

O último filme, que estreia na próxima semana nos cinemas de quase todo o mundo, é o desfecho da epopeia. Narra a batalha final entre o bem (Harry) e o mal, encarnado pelo senhor das trevas, Voldemort.

O filme, o primeiro em 3D da saga, recebeu primeiras críticas muito elogiosas. Analistas projetam uma bilheteria superior que a do primeiro longa da saga, que faturou quase um bilhão de dólares.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo