Entretenimento

Morreu a egiptóloga Christiane Desroches-Noblecourt

24/06/2011 16h26

PARÍS, França, 24 Jun 2011 (AFP) -Morreu na quinta-feira, aos 97 anos, a egiptóloga francesa Christiane Desroches-Noblecourt, informou nesta sexta-feira, à AFP, a editora Telemaque.

Ex-integrante da resistência, a grande dama da arqueologia foi responsável pela conservação de antiguidades egípcias no museu do Louvre.

Lutou durante 20 anos, com o apoio de André Malraux, ministro da Cultura do general de Gaulle, e ao lado da Unesco, para salvar os templos de Núbia, no Alto Egito, ameaçados pela represa de Assuã.

Ela morreu de causas naturais, na manhã de quinta-feira, em Sezanne (leste da França), precisou Stéphane Watelet, quem editou seus últimos livros, em 2004 e 2006.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo