Entretenimento

A saga de Harry Potter entra na era digital

Divulgação
A autora J.K. Rowling da saga de Harry Potter, anuncia o site colaborativo Pottermore.com (23/6/2011) Imagem: Divulgação

23/06/2011 16h17

LONDRES, Reino Unido, 23 Jun 2011 (AFP) -Harry Potter entrou nesta quinta-feira na era digital com a apresentação de um novo site lúdico e interativo que, a partir de outubro, oferecerá material inédito sobre as aventuras do jovem bruxo e venderá com exclusividade as versões eletrônicas dos livros da saga.

Sua criadora, J.K. Rowling, anunciou nesta quinta-feira em uma coletiva de imprensa em Londres os detalhes de seu projeto, batizado de Pottermore (www.pottermore.com), e que há mais de uma semana tornou-se um foco de especulações na internet.

Além de ser uma loja on-line, a página (de acesso gratuito) é um livro e um jogo para que "pottermaníacos" e curiosos possam entrar virtualmente no mundo de Harry Potter através de textos, gráficos e vídeos.

"É uma maneira maravilhosa de introduzir os livros à geração digital", declarou a escritora de 45 anos, que vendeu cerca de 450 milhões de exemplares dos sete volumes da saga em todo o mundo.

"Pessoalmente me encantam os livros impressos, mas os livros eletrônicos são maravilhosos", acrescentou a mulher que, graças a esta lucrativa série, passou de mãe solteira que vivia da assistência social a multimilionária.

O site "Pottermore", criado em associação com a gigante japonesa Sony, será o distribuidor exclusivo dos "e-books" e versões digitais dos audiolivros de Harry Potter, que estarão disponíveis a partir de outubro em cinco idiomas, incluindo o inglês e o espanhol.

Eles serão compatíveis com todas as plataformas, incluindo o Kindle da Amazon e o iPad da Apple.

J.K. Rowling aproveitou a apresentação deste novo projeto para reafirmar que "não tem planos" de continuar a bem-sucedida série, embora não tenha descartado escrever um dia a enciclopédia que os seguidores de Harry Potter pedem há anos.

A "mãe" de Harry Potter divulgará alguns textos inéditos no Pottermore, que ficará disponível ao público em outubro, sobre os personagens e os cenários da saga, que transcorre principalmente na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

"Tinha mais da metade do material já escrito", explicou, informando que também havia produzido coisas novas para o novo site, que, por enquanto, só permitirá navegar pelo primeiro livro da saga, "Harry Potter e a Pedra Filosofal". Os outros serão acrescentados gradualmente.

"Queria devolver algo aos admiradores que seguiram Harry Potter com tanta devoção ao longo dos anos", declarou J.K. Rowling, que considera muito difícil deixar para trás o carismátigo bruxo, que considera quase como um "ex-namorado".

Um milhão de sortudos eleitos por concurso poderão acessar uma prévia do novo site a partir de 31 de julho, o dia do aniversário de Harry.

Nesta data, já terá estreado nos cinemas "Harry Potter e as Relíquias da Morte, Parte 2", a oitava e última adaptação cinematográfica da saga literária, cujos sete primeiros títulos arrecadaram mais de 6 bilhões de dólares nas bilheterias de todo o mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo