PUBLICIDADE
Topo

Obra de Schiele bate recorde mundial do artista em leilão, 40 milhões de dólares

Obra "Häuser mit bunter Wäsche (Vorstadt II)" (Casas com roupas coloridas penduradas, em tradução livre) de Egon Schiele - Cortesia/Sotheby"s
Obra "Häuser mit bunter Wäsche (Vorstadt II)" (Casas com roupas coloridas penduradas, em tradução livre) de Egon Schiele Imagem: Cortesia/Sotheby's

22/06/2011 18h25

LONDRES, 22 Jun 2011 (AFP) -Uma paisagem monumental urbana, pintada pelo expressionista austríaco Egon Schiele, representou um novo recorde mundial para o artista em um leilão de Londres, ao ser arrematada esta quarta-feira por 24,68 milhões de libras (40,09 milhões de dólares), anunciou a casa Sotheby's.

"Häuser mit bunter Wäsche (Vorstadt II)" (Casas com roupas coloridas penduradas - Subúrbios II) quase dobrou o recorde anterior de 22 milhões de dólares, pago por outra obra deste discípulo de Gustav Klimt, em 2006, em Nova York, ao ser adquirido por um comprador anônimo, que o adquiriu por telefone nesta noite dedicada à arte impressionista e moderna.

Pintado por Schiele (1890-1918) em 1914, o quadro foi comprado no ano de sua confecção pelo mecenas Heinrich Bohler e depois vendido por sua viúva a Rudolph Leopold, fundador do museu Leopold de Viena.

Esta instituição austríaca teve que vendê-lo agora para financiar os 19 milhões de dólares que, depois de 12 anos de batalha judicial nos Estados Unidos, aceitou pagar em 2010 por uma obra única de Schiele, o "Retrato de Wally" (seu amante), roubado durante o nazismo de uma galerista judia de Viena.

A paisagem urbana, que tinha um preço inicial estimado em 22-30 milhões de libras, era a jóia do leilão da Sotheby's, que oferecia ao melhor comprador uma seleção de 35 obras, muitas das quais não eram vistas em público em décadas.

Na terça-feira, o leilão de arte impressionista e moderna organizada pela casa rival, Christie's, arrecadou um total de 140 milhões de libras (227 milhões de dólares).