Entretenimento

Empresários da internet pedem ao G8 livre acesso à Rede

26/05/2011 14h39

DEAUVILLE, França, 26 Mai 2011 (AFP) -Grandes empresários do setor da internet, que participam nesta quinta-feira da cúpula do G8, pediram aos países participantes garantias do livre acesso à Rede. Entre os presentes, está o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que trocou seu habitual traje despojado por um clássico terno e gravata.

O jovem milionário de 27 anos, que na véspera participou do e-G8 - encontro que reuniu em Paris a "nata" da internet - disse estar honrado em ser recebido pelos líderes dos oito países mais industrializados e "feliz por desempenhar o papel destinado a ele".

"A internet é uma força poderosa que dá voz a muita gente", afirmou Zuckerberg aos jornalistas em Deauville, no noroeste da França.

Os empresários pretendem entregar aos chefes de Estado e de Governo as conclusões a respeito do e-G8.

"Pedimos por unanimidade que se garanta um acesso livre e gratuito à internet a todos os habitantes do planeta", declarou Maurice Lévy, organizador do encontro em Paris, que pretende fazer dele uma reunião anual.

"Sim, temos que proteger a propriedade intelectual, mas não podemos criar uma situação na qual a internet não possa crescer e se desenvolver", acrescentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo