Topo

Entretenimento

Irã não tem notícias de jornalista da Al-Jazeera desaparecida na Síria

14/05/2011 10h06

TEERÃ, 14 Mai 2011 (AFP) -O Irã não tem informações sobre a jornalista da rede Al-Jazeera Dorothy Parvez que a Síria expulsou para Teerã no dia 1º de maio, informou neste sábado o ministro iraniano das Relações Exteriores, Ali Akbar Salehi.

Este foi o primeiro comentário oficial do Irã sobre Dorothy Parvez, que tem tripla cidadania - americana, canadense e iraniana - e trabalha para a Al-Jazeera desde o ano passado.

Na quarta-feira, a embaixada síria em Washington informou que Dorothy Parvez havia sido expulsa para o Irã no dia 1º de maio.

"Parvez tentou entrar ilegalmente na Síria em 29 de abril com um visto de turista e um passaporte iraniano vencido", afirmou a embaixada em um comunicado.

"Dois dias mais tarde foi extraditada, segundo a lei internacional, ao país que expediu o passaporte", completou o texto.

A Al-Jazeera, que tem sede no Qatar, afirmou que Parvez estava no Irã e exigiu a libertação da jornalista.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento