Topo

Entretenimento

Escultura de Gauguin é vendida a preço recorde em leilão

REUTERS/Mike Segar
Escultura do artista Paul Gaugin "Jeune Tahitienne" (jovem taitiana) foi leiloada por 11,2 milhões de dólares Imagem: REUTERS/Mike Segar

03/05/2011 21h42

NOVA YORK, 3 Mai 2011 (AFP) - Uma escultura em madeira representando a cabeça de uma jovem polinésia foi vendida nesta terça-feira por um preço recorde para uma obra desse tipo do francês Paul Gauguin. Batizada de "Jeune Tahitienne", a obra foi leiloada em Nova York por 11,2 milhões de dólares.

Gauguin esculpiu Tahitienne durante uma viagem a polinésia entre 1890 e 1893, e a obra estava avaliada em entre 10 e 15 milhões de dólares.

O recorde anterior de venda para uma escultura de Gauguin havia sido de 1,4 milhão de dólares, segundo a empresa de vendas Sotheby's, que realizou o leilão.

A escultura foi dada por Gauguin em seu regresso à França, em 1894, a uma menina de 10 anos, Jeanne Fournier, filha de um crítico de arte que a vendeu em 1961 ao proprietário que a enviou ao leilão desta terça-feira.

Segundo Sotheby's, existe um interesse renovado por peças talhadas em madeira. "O mercado tem demonstrado que há uma demanda exepcional por obras deste gênero".

Outro destaque da noite foi a pintura "Femmes Lisant", uma das dez obras de Pablo Picasso à venda e que recebeu 21,3 milhões de dólares, valor abaixo da estimativa inicial, de entre 25 e 35 milhões de dólares.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento