Entretenimento

Executivo da Google herói de revolta no Egito participa de painel do FMI

15/04/2011 19h00

WASHINGTON, 15 Abr 2011 (AFP) -O executivo da Google que se tornou uma das principais vozes da revolta do Egito, Wael Ghonim, repreendeu as elites por ter apoiado Hosni Mubarak, ao participar nesta sexta-feira de um encontro de representantes das finanças internacionais.

"Na verdade, sinto-me como Joe, o encanador", disse Ghonim, arrancando risos depois de ser apresentado em um painel na sede do Fundo Monetário Internacional, referindo-se ao encanador cujas perguntas ao então candidato à presidência Barack Obama o lançaram à fama nacional.

Vestido com uma calça Levi's gasta, uma camiseta e mocassins, Ghonim, de 30 anos, participou de um painel sobre a juventude e o trabalho no Oriente Médio e no norte da África, onde é diretor de marketing da Google.

Ghonim tornou-se uma estrela da internet após administrar uma página no Facebook que ajudou a desencadear a revolta que culminou na queda de Mubarak.

"Para mim, o que acontecia (no Egito) era um crime, não um erro", disse.

Ele qualificou ainda as instituições internacionais e elites do mundo como "sócios no crime" por seu apoio ao regime de Mubarak. "Muita gente sabia que as coisas não iam bem", acrescentou.

Utilizando uma pulseira com a data de 25 de janeiro de 2011 impressa, o dia em que Mubarak caiu, Ghonim afirmou: "Queríamos recuperar nossa dignidade".

"O Egito tem câncer e são necessários investimentos, empresas e trabalhos que paguem um salário digno", acrescentou.

Após as discussões, Ghonim foi rodeado por membros do auditório, que o parabenizaram e tiraram fotografias com ele.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo