Topo

Entretenimento

Polícia retira filhos da casa de Charlie Sheen

02/03/2011 11h43

LOS ANGELES, 2 Mar 2011 (AFP) -O astro problemático Charlie Sheen afirmou à imprensa que a polícia, atuando de acordo com uma decisão judicial, retirou seus gêmeos de casa durante a noite, depois que a esposa do ator manifestou preocupação com as crianças.

O ator afirmou ao programa "Today Show" do canal NBC que os filhos de dois anos, Max e Bob, foram retirados de casa por oficiais do Departamento de Polícia de Los Angeles.

"Eu disse 'eu amo vocês, e disse não digam adeus. Digam vejo você mais tarde'. Mais tarde, como nós acreditamos, será em breve", declarou o ator.

Brooke Mueller, mãe das crianças, que está separada de Charlie Sheen e que segundo a imprensa também luta contra o vício em drogas, conseguiu uma ordem judicial para afastar os gêmeos do pai.

"Neste momento, ao vivo na televisão, eu não sei onde meus filhos estão. Mas não estou em pânico. Isto não é sobre emoção ou ego", disse o ator.

Sheen rebateu as alegações de que seu estilo de vida, incluindo bebidas, drogas e o fato de dividir a casa com duas namoradas, seja prejudicial aos filhos.

"Existe mais amor, compaixão, apoio, cuidado com as crianças e tudo mais que você possa querer para uma criança neste lar amoroso. Não é uma casa. É um lar", completou.

Na semana passada, os produtores cancelaram a temporada da série "Two and a Half Men", depois de uma série de escândalos protagonizados por Sheen, incluindo críticas pesadas aos patrões no canal CBS.

Nos últimos dias, Charlie Sheen, pai de cinco crianças, concedeu várias entrevistas em casa, ao lado das duas namoradas, uma delas atriz pornô, e se recusou a pedir desculpas pelo abuso de drogas, chamando as próprias festas de "épicas."

Mas admitiu que, na última vez que usou drogas, provavelmente tomou "mais do que alguém poderia sobreviver".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento