Entretenimento

França condecora o maestro argentino-israelense Daniel Barenboim

28/02/2011 18h10

PARIS, 28 Fev 2011 (AFP) -O presidente da França, Nicolas Sarkozy, homenageou nesta segunda-feira o maestro Daniel Barenboim com a insígnia da Legião de Honra, a máxima distinção francesa, pela criação de uma orquestra árabe-israelense que sabe "dar valor à tolerância".

O pianista e maestro de nacionalidade argentina e israelense, criou em 1999, com seu amigo Edward Said, intelectual palestino falecido em 2003, a orquestra Divan, de jovens árabes e israelenses de entre 14 e 25 anos, que se apresenta em todo o mundo.

Com esta "excepcional orquestra sabe dar valor à tolerância, num momento em que o processo de paz está num lamentável estancamento", declarou Sarkozy a Barenboim.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo