Entretenimento

John Galliano é detido em Paris por insultos antissemitas

25/02/2011 15h51

PARIS, 25 Fev 2011 (AFP) -O estilista britânico John Galliano foi detido na noite de quinta-feira, em Paris, por agressão e por ter proferido "insultos de caráter antissemita", antes de ser libertado por ordem da promotoria.

O estilista, que nega as acusações, teve suas funções como diretor artístico da Christian Dior suspensas pela maison até a conclusão das investigações.

"A Maison Dior declara com a maior veemência sua política de tolerância zero em relação a qualquer declaração ou atitude antissemita ou racista", disse em uma nota à imprensa Sidney Toledano, presidente da empresa.

"Até que seja divulgado o resultado do inquérito, a Christian Dior suspende John Galliano de todas as suas funções", acrescentou.

Segundo a polícia, o estilista teria insultado um casal no terraço de um café do Marrais, conhecido por ser o bairro judaico da capital francesa. Galliano estaria bastante alcoolizado.

Um teste de bafômetro revelou 1,1mg de álcool por litro de sangue - muito acima do limite permitido para dirigir.

O episódio aconteceu no café La Perle, popular no meio da moda e entre a comunidade homossexual, por volta das 21H00.

Segundo a rádio francesa Europe 1, que citou o casal envolvido na briga, Galliano teria dito, em inglês: "Seu judeu de cara suja, você devia estar morto!" e "Seu asiático desgraçado de merda, eu vou te matar!".

"Neste momento, ainda não sabemos por que motivo ele insultou este casal", indicou uma fonte policial. "Ainda não sabemos nem se eles se conheciam".

O site da revista alemã Sleek, especializada no mundo da moda, citou testemunhas que presenciaram a cena. O tumulto teria começado quando Galliano sentou-se ao lado do casal no bar, e ambos acharam que ele fosse "um vagabundo que estava tentando puxar conversa".

Os dois teriam chamado o estilista de "imundo e nojento". A princípio, Galliano ignorou a ofensa, mas depois teria dito à mulher: "Você é feia, e sua bolsa de merda é horrível também".

"O namorado da mulher então se levantou da cadeira e ameaçou o estilista de maneira agressiva. O segurança de Galliano tentou acalmar a situação, assim como os funcionários do La Perle, mas não havia nada mais a fazer", contou o site.

Após o incidente, Galliano, de 50 anos, foi rapidamente detido pela polícia e levado a uma delegacia do oitavo distrito, onde foi interrogado. Pouco depois, foi liberado "por ordem da promotoria.

Stephane Zerbib, advogado do estilista, negou veementemente as acusações contra seu cliente e afirmou que este "tomará ações legais contra os que o acusaram de antissemitismo".

John Galliano "rejeita formalmente as acusações de antissemitismo formuladas contra ele", disse Zerbib à AFP, acrescentando que o estilista "explicará mais tarde o que aconteceu.

"Houve uma briga, o senhor Galliano foi verbalmente atacado, mas em nenhum momento proferiu este tipo de insultos, e temos o depoimento de testemunhas que comprovam isto", destacou o advogado.

A polícia indicou que duas acusações formais foram apresentadas contra o estilista, mas esta informação não foi confirmada pela justiça.

Nascido em Gibraltar em 1960, John Galliano comanda o braço criativo da Dior (grupo LVMH) desde 1996.

Filho de um bombeiro hidráulico inglês e de uma espanhola, Galliano é um dos estilistas mais inventivos de sua época, deslumbrando as passarelas parisienses a cada temporada com suas criações ousadas e desfiles que são verdadeiros espetáculos de extravagância.

Galliano se formou na prestigiada Saint Martin's School of Art de Londres, de onde saíram alguns dos estilistas mais vanguardistas do século XX, que ajudaram a elevar a capital inglesa ao panteão das capitais mundiais da moda.

John Galliano começou desfilando na Semana de Moda londrina. Em 1987, venceu o prêmio de melhor estilista britânico do momento. Em 1993, decidiu mudar-se para Paris, onde vive até hoje.

Dois anos mais tarde, foi contratado pelo presidente da prestigiosa LVMH, Bernard Arnault, como diretor de criação da Givenchy, outra das marcas de luxo mais disputadas do mundo.

Desde 1999, Galliano dirige todas as linhas femininas da Dior, além da divisão de artigos de couro e da imagem da marca. Ao mesmo tempo, desenha suas próprias coleções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo