Entretenimento

Milão em festa na abertura da Semana de Moda

23/02/2011 15h49

MILÃO, 23 Fev 2011 (AFP) -A Semana de Moda de Milão começou nesta quarta-feira com estilistas e jornalistas especializados correndo para a glamourosa cidade italiana, conhecida por sua opulência e obsessão pela Alta-Costura.

"É um momento emocionante. Conseguimos superar todas as dificuldades para fazer de Milão a Semana de Moda líder do estilo feminino no cenário internacional", disse em entrevista à AFP Mario Boselli, da equipe de organizadores, da Câmara de Moda de Milão.

Depois de Londres e Nova York, os estilistas poderão conferir as últimas coleções de 66 criadores em 76 passarelas, incluindo alguns em frente à catedral gótica da cidade.

Roccobarocco deu início ao desfiles homenageando o 150º aniversário da unificação da Itália, com modelos vestidas nas cores da bandeira do país -verde, branco e vermelho- marchando na passarela ao som do hino nacional.

Em uma coleção que casava nostalgia e otimismo com o futuro, a modelagem era ajustada ao corpo, com vestidos xadrezes sóbrios em branco e preto com ombros largos, saias adornadas com detalhes de renda prateada e laços de tecido.

Gucci, John Richmond e Alberta Ferretti também se apresentam nesta quarta-feira, enquanto Fendi, D&G e Prada desfilam amanhã.

Versace e Etro se apresentam na sexta-feira, seguidos por Bottega Veneta, Emporio Armani e Roberto Cavalli no sábado.

Domingo e segunda-feira são reservados para a sensualidade de Dolce&Gabbana, o clássico Salvatore Ferragamo, a celebridade Giorgio Armani e a coleção Just Cavalli.

Os estreantes Carta e Costura, Erhan Coruh e N-U-D-E desfilam na terça-feira para compradores, jornalistas e o jet set que voará logo depois para a Semana de Moda de Paris, que acontece até 9 de março.

Os estilistas Frida Giannini, Giorgio Armani e Donatella Versace são algumas das estrelas que desfilam em Paris.

Diferente do ano passado, quando os novos nomes mostraram Milão como um sopro de esperança em meio à crise na indústria da moda, neste ano, com a retomada do setor, os novatos não terão tanta atenção quanto as coleções das grandes e tradicionais marcas italianas.

Depois que a poderosa e temperamental editora da Vogue americana Anna Wintour cortou sua participação em Milão, resumida em uma pequena aparição no ano passado, forçando a reduzir e apressar os desfiles, a organizadora Camera Moda fez grandes mudanças. "Nós definitivamente estamos no topo novamente após a crise. Temos transmissão ao vivo, telões e um calendário cheio de grandes nomes. Tudo mudou", disse Boselli.

A maioria dos desfiles acontece agora no centro histórico da cidade, a poucos metros do Triângulo de Ouro de Milão - uma série de ruas que abrigam as mais famosas marcas de Alto Luxo da Itália.

Camera Moda também organizou uma série de eventos culturais para as noites da Semana de Moda, incluindo visitas a alguns dos museus da cidade, mostras e um show da banda Duran Duran.

A cidade também se orgulha de seu primeiro "trem fashion", que na noite de domingo vai transportar as modelos da estilista Alessandra Marchi e convidados para o desfile e também para a festa pós-desfile.

Nos bastidores, o Departamento de Saúde de Milão trabalha com um time de "sentinelas anti-anoréxicas" para monitorar modelos magérrimas, na tentativa de chamar a atenção na Itália para um problema que atinge o mundo da moda. "Temos dez voluntários que chamam nossa atenção para garotas que são particularmente magras ou beiram à anorexia", disse à AFP o funcionário do Departamento de Saúde, Giampaolo Landi di Chiavenna. "Não é uma questão de imagem, é uma questão de cuidar de quem trabalha em uma indústria de grande pressão", acrescentou.

As estreitas ruas em volta da praça da principal catedral de Milão se enchem nessa época com pessoas implorando por um convite para as festas pós-desfile exclusivas de Gucci, da revista Harper's Bazaar e da Vogue.

Os que não tiveram a sorte de serem convidados para essas famosas festas podem assitir às modelos nas passarelas das grandes marcas em enormes telões instalados próximos da catedral.

Gucci, Roccobarocco, Ermanno Scervino, Frankie Morello, C'N'C Costume National e Emilio Pucci são algumas das marcas que vão transmitir ao vivo seus desfiles.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo