Topo

Entretenimento

Irã liberta dois jornalistas alemães detidos desde outubro

19/02/2011 17h56

TEERÃ, 19 Fev 2011 (AFP) -Dois jornalistas alemães detidos no Irã desde outubro foram libertados, anunciou este sábado a agência oficial IRNA, e pouco depois chegou a Teerã o ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, para levá-los de volta ao seu país.

Após sua chegada à capital iraniana, Westerwelle deixou rapidamente o aeroporto rumo à sede da presidência, comprovou um jornalista da AFP.

Segundo a agência ISNA, o chanceler deve ser recebido pelo próprio presidente Mahmud Ahmadinejad.

O ministro alemão também teria previsto um encontro com seu colega iraniano, Ali Ajbar Salehi. Os dois ministros concederão uma entrevista coletiva conjunta, após o que os dois jornalistas libertados poderão voltar diretamente à Alemanha, acrescentou a imprensa iraniana.

"Os dois acusados detidos em Tabriz foram libertados e voltarão ao seu país", disse a principal autoridade judicial da província iraniana do Azerbaijão Oriental.

Os dois jornalistas foram detidos em outubro do ano passado, em Tabriz, onde entrevistaram o filho e o advogado da iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, uma mulher condenada à morte por apedrejamento.

As autoridades iranianas acusavam os dois alemães de não terem pedido a autorização especial do ministério da Cultura necessária para trabalhar no país.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento