Topo

Entretenimento

Morre na Martinica o escritor francês Edouard Glissant

03/02/2011 10h14

PARIS, 3 Fev 2011 (AFP) -O escritor francês da Martinica Edouard Glissant, grande figura da literatura "créole", morreu em Paris aos 82 anos de idade, indicou nesta quinta-feira a editora Galaade.

"Ele morreu esta manhã (quinta-feira). Estava em estado crítico há algum tempo, mas trabalhamos juntos até o final", declarou Emmanuelle Collas, diretora da Galaade (Paris), que publicou parte da obra do escritor.

Autor de uma obra complexa que mistura memórias, folclore, images poéticas, declarações polêmicas e reflexões, Edouard Glissant abriu caminho para escritores créoles mais jovens.

Doutor em letras, obteve em 1958 obteve o Prêmio Renaudot, um dos mais importantes da literatura francesa.

Militante ativo da luta anticolonialista e opositor da guerra da Argélia, foi expulso das Antilhas francesas pelas ideias independentistas e foi submetido a prisãoo domiciliar na França metropolitana.

Além disso, foi professor nos Estados Unidos, na Louisiana e em Nova York.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento