PUBLICIDADE
Topo

Mineiro chileno foi o astro na premiação da televisão britânica

27/01/2011 09h54

LONDRES, 27 Jan 2011 (AFP) -Um dos 33 homens que sobreviveram durante mais de dois meses nas profundidades de uma mina do norte do Chile, Luis Urzúa, recebeu na noite de quarta-feira uma ovação de pé durante a cerimônia de entrega dos Prêmios Nacionais da Televisão britânica.

Luis Urzúa, que atuou como líder durante o soterramento na mina de San José, foi o encarregado de entregar o prêmio de melhor série dramática para "Waterloo Road", uma produção da BBC.

Ao subir ao palco, Unzúa, elegantemente vestido para a ocasão, recebeu uma ovação do público, que o aplaudiu de pé.

Depois, nos bastidores, o topógrafo chileno falou dos planos de levar a história dos mineiros para o cinema.

"Estou muito contente de mostrar ao mundo o que é estar debaixo da terra durante 70 dias", declarou Urzúa, que foi o último a sair da mina em 14 de outubro depois de um longo resgate acompanhado pelas televisões de todo o mundo.

O diretor chileno Rodrigo Ortúzar trabalha atualmente com a produção de "Los 33", cuja estreia está prevista para 2012, mas também há um grande interesse em Hollywood em adquirir os direitos da história dos heroicos chilenos.