Topo

Entretenimento


'Baby Doc' cancela coletiva de imprensa no Haiti

2011-01-17T16:12:00

17/01/2011 16h12

PORTO PRÍNCIPE, 17 Jan 2011 (AFP) -O ex-ditador Jean-Claude "Baby Doc" Duvalier, que fez um regresso surpresa ao Haiti após 25 anos de exílio na França, cancelou nesta segunda-feira uma coletiva de imprensa para conversar sobre seus planos.

"O presidente não pode se reunir hoje com a imprensa. A razão é simples: o hotel não tem capacidade para abrigar toda a imprensa", disse o porta-voz da Duvalier, Henry Robert Sterlin, um ex-embaixador do Haiti em Paris e a Unesco.

O cancelamento ocorre apesar do Hotel Karibe, onde Duvalier está hospedado, ter organizado coletivas de imprensa no passado, incluindo eventos do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

Sterlin pediu "desculpas por parte do ex-presidente" e disse que na terça-feira anunciará um novo local e data para um encontro com os meios de comunicação.

O ex-diplomata não informou quanto tempo Duvalier permanecerá no Haiti, mas o embaixador francês em Porto Príncipe disse à AFP que o ex-presidente tem uma passagem de retorno à França para a próxima quinta-feira, dia 20 de janeiro.

Duvalier sucedeu seu pai, Francois "Papa Doc" Duvalier, no poder em 1971, com apenas 19 anos, após a morte deste. Esteve à frente do Haiti até 1986, quando foi deposto por uma revolta popular após sua família e pessoas próximas serem acusadas de desviar milhares de dólares de fundos públicos.

Mais Entretenimento