Entretenimento

Tablets alcançam seu clímax em 2010 com a 'iPadmania'

29/12/2010 09h45

SAN FRANCISCO, 29 dez 2010 (AFP) -Conectado à internet, maior que um telefone, mas menor que um laptop, os tablets surgiram como a tendência mais bem-sucedida de 2010 para satisfazer uma geração que vive em busca da conexão onipresente.

O iPad, lançado em abril pela Apple, converteu-se no acessório digital imprescindível do ano.

Enquanto isso, os rivais tentam destronar a empresa que define as tendências antes que ela monopolize o mercado dos tablets, da mesma maneira que seu iPod fez no mercado dos tocadores de MP3.

"A Apple acertou em cheio e fez de seu tablet um sucesso", disse o analista da Gartner, Ken Dulaney. "Haverá muita gente tentando destroná-lo, mas vai acontecer como com os iPods. Todo mundo quer um".

O estilo de vida na era da internet abriu caminho para que a estreia dos tablets fosse bem-sucedida, de acordo com a analista da Forrester Research Sarah Rotman Epps.

As semanas de trabalho tornaram-se mais longas com a proliferação de dispositivos que mantêm as pessoas constantemente conectadas com seus chefes durante a noite e nos fins de semana, de acordo com estatísticas da Forrester.

"Os consumidores estão trabalhando o tempo todo, eles têm menos tempo livre e menos dinheiro para gastar, mas ainda querem maximizar o aproveitamento que têm" através destes acessórios, explicou Rotman à AFP.

Segundo as estatísticas de Forrester, 26% dos consumidores americanos que compraram iPads o utilizam para o trabalho e para atividades pessoais.

"As pessoas estão usando o tablet para ler o Wall Street Journal ou ver TV na cama", disse Rotman Epps. "Em algumas circunstâncias, está substituindo os laptops, a televisão e a mídia impressa".

As pesquisas de comportamento do consumidor mostram que os donos de iPads veem mais vídeos, notícias e outros conteúdos on-line do que outras pessoas.

A evolução da tecnologia sem fio, o crescimento da demanda por comunicações mais rápidas e um acesso mais ágil à internet são as principais tendências que irão moldar os setores de telecomunicações, mídia e tecnologia nos Estados Unidos nesta década, informa um relatório da consultoria Moody divulgado neste mês.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo