Entretenimento

Peruanos sem-teto invadem santuário arqueológico de Pachacámac

24/12/2010 12h35

LIMA, 24 dez 2010 (AFP) -Cerca de 4.500 pessoas invadiram na madrugada desta sexta-feira uma zona do santuário arqueológico de Pachacámac, no sul de Lima, alegando que não possuem onde morar, informou a polícia.

"São pessoas que, por causa da ignorância e da necessidade, foram usadas por traficantes de terras que as fizeram acreditar que esta zona intangível pode ser ocupada por elas como moradia", explicou o coronel da polícia, Roberto Luján, acrescentando que uma operação de desalojamento está à espera de uma ordem judicial.

Por sua parte, o ministro da Cultura, Juan Ossio Acuña, indicou que, com a tomada deste terreno, Pachacámac corre o risco de perder elementos arqueológicos.

Pachacámac é um complexo arqueológico de 465 hectares com inúmeras edificações que habitaram antiguamente as culturas Lima, Wari, Ichma e Inca.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo