Topo

Música

Devastado, irmão de Avicii está em Omã para descobrir causa da morte do DJ

Do UOL, em São Paulo

21/04/2018 08h36

David Bergling, irmão de Avicii, já está em Omã, país da península Arábica, no Oriente Médio, para esclarecer a causa da morte do DJ, nesta sexta-feira (20). Representantes do produtor musical disse que a família está devastada. De acordo com o site TMZ, Avicii, que tinha 28 anos, deixou o resort em que estava hospedado, em Muscat, e foi para um hotel de luxo horas antes de ser encontrado morto.

O site publicou fotos do DJ com fãs no resort. O irmão está investigando os lugares em que Avicii foi com os amigos em seus últimos dias de vida para descobrir o que poderia ter provocado a morte do DJ.

A família de Avicii é famosa na Suécia. Sua mãe, Anki Liden, e um outro irmão são atores de renome no país. 

Morte choca fãs

Dono de dois dos maiores hits de 2013, "Wake Me Up" e "Hey Brother", Avicii, cujo nome é Tim Bergling, foi diagnosticado com pancreatite aguda, em parte causada pelo excesso de bebida alcoólica. Desde 2016, ele já estava com a saúde frágil e muito magro, e falou publicamente sobre os problemas que o levaram a se afastar da música e sobre sua relação conturbada com a fama. 

A notícia da morte do DJ foi confirmada pelo representante do artista: "É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Muscat, Omã, na tarde desta sexta-feira, 20 de abril. A família está arrasada e pedimos a todos para respeitar a privacidade deles nesta hora difícil. Nenhuma declaração adicional será dada".

Fãs e amigos de Avicii ficaram chocados com a notícia e prestaram homenagens nas redes sociais. "Uma alma linda, apaixonada e talentosa, com muito mais a fazer. Meu coração está com a família dele. Deus te abençoe, Tim", escreveu Calvin Harris.

Indicado duas vezes ao Grammy por melhor gravação dance, por "Levels" (2012) e por "Sunshine" (2013), ele foi eleito terceiro melhor DJ do mundo pela conceituada revista "DJ Mag" em um ranking dos cem melhores.

O DJ esteve no Brasil algumas vezes para se apresentar em festivais de música eletrônica. Em 2015, ele chegou a ser anunciado como uma das principais atrações da primeira edição brasileira da EDC (Electric Daisy Carnival), mas acabou cancelando todas suas apresentações no fim daquele ano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!