Topo

Música

Anitta coloca crianças para dançar ao redor do mundo no clipe de "Medicina"

Reprodução/Instagram/anitta
Anitta em cena de "Medicina" Imagem: Reprodução/Instagram/anitta

Tiago Dias

Do UOL, em São Paulo

20/07/2018 11h52

Anitta mobilizou jovens e crianças de várias partes do mundo para dançar em seu novo clipe. Grandioso, “Medicina”, lançado nesta sexta-feira (20), tem cenas gravadas em países como Colômbia, Japão e Índia, e a intenção de espalhar uma mensagem globalizada.

“A ideia é falar que a música cura como medicina, e é universal, encanta todos os povos, todas as classes”, disse. Na canção, Anitta avisa: “Eu não me importo se você tem dinheiro, o que importa é que você saiba mexer”.

A cantora divulgou o novo clipe (com direção de Harold Jiménez, que já havia trabalhado com Anitta em “Machika”) direto de sua casa, no Rio de Janeiro, em uma transmissão trilíngue, em português, inglês e espanhol. “Resolvi fazer com crianças porque elas são o futuro do nosso planeta, misturamos muitas culturas e crianças de várias nacionalidades”.

“Medicina” foi escolhida através de uma votação que envolveu sua equipe e parceiros ao redor do mundo. A faixa concorria com "Veneno", que também foi gravada na Colômbia, onde a cantora passou um período trabalhando na produção dos dois novos clipes. “Medicina” recebeu o maior número de votos, mas Anitta revelou que “Veneno” era sua favorita. “Ela vai sair ainda. Eu morreria se eu perdesse essa música. Até porque o clipe custou caro”.

“Medicina” e “Veneno”, assim como “Indecente”, single que abriu os trabalhos de Anitta em 2018, é cantada em espanhol, como estratégia para fortalecer ainda mais seu nome no mercado latino, principalmente agora que ela é jurada cativa da nova temporada do “La Voz”, a edição mexicana do “The Voice”.

“Mas calma gente, os próximos singles são em espanhol, mas vai ter música em português”, prometeu.

Veja a letra de "Medicina":

A mi no me importa que tu tengas plata,
Aqui lo que importa es que tu te sepas mover.
No te asustes si la ropa se levanta Cuando el bajo se te meta por los pies.
No te entiendo pero bailamelo lento
Que los cuerpos si se saben entender.
Todo el mundo con un mismo movimiento,
dale, una y otra vez.

Da da damelo otra vez

Nos vamos pa una esquina
Las nalgas rebotando como gelatina
La música curando como medicina
tu sigue bajando que despues yo voy pa encima
encima cima, cima, cima.
Si te pegas por atras
yo no voy a decir nah,
todo el mundo es igual
traca traca tra tra tra.

Dale pa’ bajo no mas
No importa lo que digan los demas
A todos nos gusta cuando nos seducen
To’ el mundo se suelta mas cuando no hay luces.

Apagamela aja aja
apagamela aja aja 
apagamela aja aja

Traca traca tra tra tra

Da da damelo otra vez

Dejemos la pena pa despues.

Da da damelo otravez

No vamos pa una esquina
Las nalgas rebotando como gelatina
La música curando como medicina
Tu sigue bajando que despues yo voy pa encima encima

Apagamela aja aja
Apgamela aja aja
Apagamela aja aja

Da da damelo otra vez
Dejemos la pena pa despues

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!