PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Ainda tem seus brinquedos de infância? Hoje eles podem valer uma nota

O belo Atari 2600, lançado nos Estados Unidos em 1977, um dos videogames mais queridos por colecionadores - Reprodução
O belo Atari 2600, lançado nos Estados Unidos em 1977, um dos videogames mais queridos por colecionadores Imagem: Reprodução

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

21/07/2018 04h00

Você é daqueles que guardou seus brinquedos de infância, que tanto divertiram nos anos 1970, 1980 ou 1990? Pois saiba que o clássico e saudoso Castelo do He-Man, completo e com cheiro de naftalina no fundo do seu armário, pode valer uma pequenina fortuna. Você pode estar "rico" sem saber.

Na era da nostalgia, marcada pela sanha de colecionadores, essas relíquias vintage nunca estiveram tão valorizadas no mercado. Hoje, diversas lojas especializadas comercializam brinquedos dos velhos tempos, como a Playtoy, a Brinquedos Raros e a Super Anos 80, todas em São Paulo.

Uma dica: se você se interessa pelo assunto e estiver passeando pelo centro da capital paulista, dê uma conferida na Galeria Itapetininga, na República, onde diversas lojas guardam uma das maiores exposições de brinquedos antigos do país para compra e venda.

O UOL conversou com alguns dos donos dessas lojas e selecionou dez relíquias do passado, não exatamente as mais caras ou raras, mas as que você, leitor, pode ter em casa sem nem saber o valor do que tem em mãos. Os valores tem como base os preços praticados em lojas e cobrados em sites como o Mercado Livre.

Brinquedos vintage

  • Reprodução

    Autorama

    As séries dedicadas aos pilotos brasileiros Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna da Estrela são muito valorizadas no mercado, passando facilmente de R$ 1.000. Dependendo do estado de conservação e da limitação da série, o preço pode dobrar.

  • Reprodução

    Ferrorama

    Um ferrorama clássico da Estrela gira em torno de R$ 2.000. Se você era daqueles que levava o hobby do ferromodelismo a sério e chegou a adquirir ou montar sua própria maquete com acabamento detalhado, o preço pode até passar de R$ 10.000.

  • Reprodução

    Console

    Um dos videogames vintages mais apreciados por colecionadores é o Nintendinho 8-bits. Explica-se: ele chegou ao Brasil apenas em 1993, oito anos após ser lançado nos Estados Unidos. Com a tecnologia defasada, vendeu pouco por aqui. A versão nacional completa na caixa atinge facilmente R$ 1.000. Já a versão da Action Set, importada, passa de R$ 4.000.

  • Reprodução

    Cartucho

    Existem várias fitas de videogame supervalorizadas, de várias plataformas. Entre as mais caras estão as da série Megaman, da Capcom. O "Mega Man X2" original do Super Nintendo, por exemplo, na caixa e com manual, mesmo que não esteja no melhor estado, custa ao menos R$ 1.200. O mesmo vale para o jogo de RPG "Earthbound", que chega a valer ainda mais.

  • Reprodução

    Castelo do He-Man

    Você já deve ter brincado com um destes. O Castelo de Grayskull era um dos objetos mais desejados na época em que chegou ao Brasil e assim continuou por muitos anos. Completo, com todos itens e bonecos, incluindo a caixa original em bom estado de conservação, vale aproximadamente R$ 3.500.

  • Reprodução

    Bonecos da TV

    Bonecos clássicos como o E.T., Fofão (quem não se lembra da lenda da adaga?), Alf - O ETeimoso e os da série Gremlins são peças valiosas hoje em dia, assim como as bonecas Xuxa e Susi lançadas pela Estrela nos anos 1980. Na caixa, dependendo da série, elas vão pra lá de R$ 3.000.

  • Reprodução

    Playmobil

    Os blocos da Lego faziam a alegria da molecada nos anos 1980 e 1990, deixando a rival Playmobil em segundo plano. Hoje, o jogo virou com o mercado vintage. Qualquer castelo da marca vale uma boa nota. Já o Playmobil Trol Furgão da TV Globo, lançado em série limitada em parceria com a emissora, sai por cerca de R$ 8.000.

  • Reprodução

    Comandos em Ação

    Você curtia colecionar os famosos Comandos em Ação? Boa notícia. Um lote de dez bonecos originais, dependendo de quais são e do estado de conservação, costumam passar de R$ 1.000, mesmo sem a embalagem original.

  • Reprodução

    Tazos

    Lembra do "Livro Ilustrado Tazo Mania", da Elma Chips, em formato de fichário? Foi sensação. Caso esse objeto de desejo das crianças dos anos 1990 estiver completinho e em bom estado, pode ser comprado por R$ 1.000.

  • Reprodução

    Lango Lango

    Muita gente ainda guarda um desses casa. Seu monstrinho lutador está inteirinho e sem marcas? Por um acaso, você lembra onde deixou a caixa original? Se todas as respostas forem positivas, saiba que ele não costuma ser adquirido por menos de R$ 500.

Entretenimento