Entretenimento

Dez super-heróis mais ridículos que o Homem-Formiga

Jones Rossi

Do UOL, em Curitiba

23/07/2015 20h33

Todo fã de histórias em quadrinhos já sonhou possuir os poderes ilimitados do Superman ou o fator de cura e as garras de adamantium do Wolverine. O que provavelmente ninguém desejou foi ter um braço que se destaca do corpo e usá-lo para bater nos inimigos, como o Arm Fall Off Boy, uma espécie de João Sem Braço do Universo DC. Personagens com poderes ridículos não são exceção no mundo dos quadrinhos e até podem gerar boas histórias, como prova o recém-lançado filme "Homem-Formiga", da Marvel. Por pura diversão, sem nenhum caráter científico - ainda não inventaram uma empresa de auditoria séria para conceder notas a personagens de gibis - listamos alguns exemplos. Se lembrar de outros ou discordar de algum, deixe seu recado na seção de comentários abaixo.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Arm Fall Off Boy

    Criado em 1989 pelos roteiristas da DC Comics, o grande poder deste herói é arrancar fora seu braço esquerdo e usá-lo como arma para dar na cabeça dos inimigos. Para piorar, ele tenta entrar para a Legião dos Super Heróis, mas tem um ataque de pânico durante o teste e obviamente tem sua inscrição negada.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Saltador (Bouncing Boy)

    Concebido por ninguém menos que Jerry Siegel, o criador do Superman, Charles Taine tomou um fluido de superplástico achando que era refrigerante. Ele então passa a quicar como uma bola de basquete para atingir seus inimigos. "Convenhamos que se trata de um poder um pouquinho ridículo", diz Sidney Gusman editor do site Universo HQ.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Cifra

    Em 1984, muito antes de o Google Tradutor ser criado, Chris Claremont e Sal Buscema acharam que seria útil inventar um personagem mutante que entendesse qualquer língua da Terra e do universo, incluindo aí linguagem de computação e dos animais. Certamente eficaz em um escritório, mas não em ação entre os X-Men. "Ele era absolutamente inútil nas lutas e nos combates", afirma Gusman. Não por acaso, morreu com um tiro.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Lanterna Verde G'nort

    O G'nort é um Lanterna Verde com aparência canina, pouco inteligente (mal consegue ler um mapa) e altamente incompetente. Tanto é que os outros Lanternas lhe dão um espaço vazio e desabitado do universo para patrulhar. Segundo André Amorim, criador do site de quadrinhos Agência Atômica, "a função dele é de alívio cômico". Talvez por isso tenha se tornado cultuado por parte dos fãs dos Lanternas Verdes.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Color Kid

    Se o Cifra até tem alguma utilidade, o mesmo não pode se dizer do Color Kid. Sua grande habilidade é mudar de cor, dando-lhe o poder de se camuflar ou esconder objetos. Talvez fosse útil nos dias de hoje, com a onda de livros para colorir. Poderia completá-los em questão de minutos.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Gambit

    Ele tem o poder de carregar objetos com energia cinética, o que os faz explodirem ao entrarem em contato com o alvo. Parece uma habilidade legal. Mas o que o cara escolhe para usar como arma? Cartas de baralho! Outro poder que possui é o "charme" advindo de sua beleza.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Homem Impossível

    Ele é uma espécie de Mxyzptlk do universo Marvel. Apesar de, no início, ter dado um de vilão, mais por ingenuidade do que por maldade, ele logo passou para o lado dos heróis. Criado por Stan Lee e Jack Kirby, o problema do Homem Impossível são seus poderes bizarros, como o de se dividir em dois para ter uma esposa, e depois ainda ter filhos com essa divisão de si mesmo. O Homem Impossível ainda é um apaixonado pela cultura pop do planeta Terra.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Digestor

    Jerry Siegel, criador do Superman, não foi tão feliz ao conceber os companheiros do herói. Além do Saltador, outro personagem bizarro da Legião dos Super-Heróis é o Digestor, cujo poder é o de comer qualquer coisa, de aço a pedras. O problema é que ele não tem superforça, além das enzimas que estão em seu estômago. Haja sal de frutas!

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Abelha Vermelha

    Criada na década de 1940, é um dos poucos personagens de HQ que já caiu em domínio público. O Abelha Vermelha não possui nenhum superpoder, a não ser o de ter abelhas treinadas para combater gangsteres e nazistas. A pior parte é que ele usa um cinto no qual carrega apenas UMA abelha, chamada Michael. Mas, se as abelhas morrem após ferroarem suas vítimas, devemos supor que Michael muda a cada aventura, não é?

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Madame Fatal

    Que tal combater o crime vestido como uma velha senhora, com um papagaio capaz de recitar "Hamlet" e ser especialmente útil por lembrar informações importantes? Esse é o caso de Richard Stanton, alter ego de Madame Fatal. Sem nenhum poder, ele usa o fato de estar em forma e ser o mestre dos disfarces (cof, cof) para combater o crime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo