PUBLICIDADE
Topo

10 cenas em que Tom Cruise desafiou a morte em "Missão: Impossível"

Tom Cruise em cena do film "Missão: Impossível - Efeito Fallout" - Reprodução
Tom Cruise em cena do film "Missão: Impossível - Efeito Fallout" Imagem: Reprodução

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

31/07/2018 11h33

Desde o primeiro filme da franquia “Missão: Impossível”, Tom Cruise tem se dedicado em fazer a maioria das cenas sem dublês. Neste novo filme “Efeito Fallout”, o astro se supera aos 56 anos ao saltar de paraquedas de uma altura de mais de 7 mil metros, salta entre dois edifícios em Londres e pilota um helicóptero.

Mas os desafios nos outros filmes da franquia também foram surpreendentes. Tom Cruise, por exemplo, quebra um aquário gigante e escapa de se afogar, escala uma montanha vertiginosa, se agarra do lado de fora de um avião em pleno voo e escala o edifício Burj Khalifa, o mais alto do mundo.

Um dos objetivos do ator é deixar as cenas cada vez mais realistas sem precisar da ajuda de efeitos especiais. O resultado, claro, é de tirar o fôlego e reflete diretamente no sucesso e na longevidade da franquia nos cinemas.

Veja a seguir as façanhas de Tom Cruise sem dublê:

Profissão: perigo

  • Explodindo um aquário gigante

    O primeiro "Missão: Impossível", de 1996, dirigido por Brian De Palma, pavimentou o que seriam as novas aventuras do herói Ethan Hunt e a maneira como Tom Cruise iria representá-lo quase sempre sem dublês. Em uma das cenas mais emocionantes da trama, o personagem explode um tanque de peixes de 16 toneladas e tem que correr para que a correnteza não o afogue. O diretor, é claro, ficou preocupado que o ator se machucasse, porém Cruise saiu ileso das gravações.

  • Dead Horse Point

    Uma das cenas de aberturas mais marcantes da franquia "Missão: Impossível 2" (2000) é a perigosa escalada que Ethan Hunt faz em Dead Horse Point. De férias, o herói decide se isolar e protagoniza cenas vertiginosas ao saltar entre uma pedreira e outra, escorregar e quase cair e, finalmente, ficar pendurado de costas enquanto contempla a paisagem. A cena foi tão sufocante, que o diretor Jon Woo disse que não conseguiu assisti-la depois.

  • Faca no olho

    Em "Missão: Impossível 2" (2000), Tom Cruise protagoniza uma cena de tirar o fôlego após uma luta de facas. No chão, levando a pior, Ethan Hunt quase tem seu olho perfurado pela arma. O diretor John Woo quis que a cena parecesse extremamente perigosa e Cruise topou que a ponta da faca chegasse a pouquíssimos centímetros de seu olho, sem dublê e sem espaço para erros.

  • Perseguição de moto

    Em vários filmes de "Missão: Impossível" há cenas em que Tom Cruise pilota perigosamente uma moto. Mas um dos momentos mais desafiadores feitos pelo o ator, sem dublês, ocorreu no segundo filme da franquia. Nele, Cruise persegue um vilão saltando e pulando pelas areias de uma praia. O diretor John Woo chegou a dizer que Cruise era como cowboy com seu cavalo. Só que o "cavalo", no caso, era uma moto. "E ele fez tudo sem capacete", concluiu o diretor.

  • Base jump em Xangai

    Em 2006, com "Missão: Impossível 3", Tom Cruise protagonizou um base jump insano. O ator "saltou entre dois prédios", amarrado por uma corda para cair em cima de um teto de vidro enquanto atirava para matar dois seguranças. A cena foi dirigida por J.J. Abrams. O truque, no entanto, foi que Tom Cruise não se lançou entre dois prédios de verdade e, sim, entre dois cenários reconstruídos no estúdio, com o objetivo, é claro, de evitar que o ator morresse. Mesmo dentro do estúdio, a cena deveria ter sido encenada por um dublê, por causa da sua dificuldade. Tom Cruise, claro, preferiu fazer.

  • Escalando o Burj Khalifa

    Em 2011, com "Missão: Impossível - Protocolo Fantasma", Tom Cruise e Simon Pegg protagonizaram uma das cenas mais impressionantes da franquia e também uma das mais engraçadas. O personagem Ethan Hunt precisa subir de um andar para o outro no prédio mais alto do mundo, mas não pode usar os elevadores. Qual é a solução? Escalar o prédio por fora usando uma luva com ventosas. Num dado momento, o personagem de Cruise pergunta para o de Pegg: "O que significam essas cores?" e ouve a resposta-trocadilho "Blue is good". Red is dead (azul é bom, vermelho é morte).

  • Agarrado no avião

    Outra cena difícil de acreditar que Tom Cruise tenha dispensado o dublê foi aquela em "Missão: Impossível - Rogue Nation" (2015) em que Ethan Hunt se agarra na lataria de um avião em pleno voo. Felizmente, ele consegue entrar no avião após uma das portas serem abertas remotamente mas, logo em seguida, salta do avião, sem paraquedas, em um contêiner cheio de explosivos. Assim como os outros diretores da franquia, Christopher McQuarrie também ficou impressionado com a disposição do ator e revelou que a cena surgiu como uma brincadeira, que depois foi levada a sério por Tom Cruise.

  • Salto entre dois prédios e um pé quebrado

    Dispensar os dublês nas cenas mais perigosas, definitivamente, não é a coisa mais segura que um astro como o Tom Cruise pode fazer. Durante as gravações de "Missão: Impossível - Efeito Fallout", Cruise quebrou o pé ao tentar saltar entre dois prédios em Londres. O ator, no entanto, continuou atuando por mais alguns segundos sem reclamar. O diretor Christopher McQuarrie disse que, por causa da atuação de Cruise, que não saiu do personagem mesmo depois de se machucar, foi possível usar a cena na edição final do longa-metragem. Mas, com o pé quebrado, o restante das filmagens tiveram que ser interrompidas por alguns meses até que o ator se recuperasse e voltasse a arriscar a vida mais uma vez.

  • Halo Jump

    Em "Missão: Impossível - Efeito Fallout", Tom Cruise se superou ao fazer o halo jump. O ator é o primeiro na história do cinema a dispensar dublês neste tipo de cena, que é muito complexa. O halo jump é uma técnica de salto de paraquedas militar que consiste em pular de uma altitude acima de 7 quilômetros e só abrir o paraquedas muito perto do solo, com o objetivo de distrair o inimigo. De quebra, o astro não pulou apenas uma vez. De acordo com os produtores, foram vários saltos por dia até que as cenas ficassem perfeitas.

  • Piloto de helicóptero

    Como se não bastasse todas os desafios que Tom Cruise enfrentou para gravar os filmes da franquia "Missão: Impossível", ele também aprendeu a pilotar um helicóptero em baixa atitude. Em "Efeito Fallout", há uma cena em que ele persegue o personagem de Henry Cavill entre penhascos vertiginosos. De acordo com os produtores, Tom Cruise fez cenas realmente perigosas, em que ele mergulha com o aeronave entre cachoeiras e florestas.