Topo

Filmes e séries


Alfonso Ribeiro, o Carlton, já admitiu que "roubou" dancinha alvo de processo

Getty Images
O ator Alfonso Ribeiro, o Carlton de "Um Maluco no Pedaço" Imagem: Getty Images

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

18/12/2018 17h33

O ator Alfonso Ribeiro, o Carlton Banks de "Um Maluco no Pedaço", que está processando os games Fortnite e NBA 2K por plagiar os passos de dança do personagem na série, já admitiu que "roubou" a coreografia dos atores Courteney Cox e Eddie Murphy.

O site TMZ recuperou um vídeo de 2012 em que ele diz ter copiado os passos da atriz no final do clipe de "Dancing in the Dark", do cantor Bruce Springsteen, e do ator em sua famosa "White Man Dance", que ridiculariza a forma desengonçada como as pessoas brancas costumam dançar.

Em outras entrevistas, sem usar o verbo "roubar", Ribeiro já havia atribuído aos dois a inspiração para desenvolver os movimentos. Segundo ele, a ideia era criar uma dança típica de um homem branco, conceito por trás do personagem Carlton, o primo rico e engomado de Will Smith em "Um Maluco no Pedaço".

"Havia no roteiro uma indicação de que o Carlton deveria dançar. Eu pensei: "Como o Carlton dançaria? Já sei, vou roubar!" Roubei de Courteney Cox e Eddie Murphy", diz ele no vídeo do TMZ. Veja abaixo.

Procurado pelo TMZ, o advogado de Alfonso Ribeiro minimizou o vídeo. "Em várias ocasiões, o senhor Ribeiro comentou sobre sua inspiração para a dança. No vídeo, o Sr. Ribeiro usa a palavra 'roubou' em tom de brincadeira, não no sentido legal", explicou David Hecht.

"Em suas palavras, é uma visão pessoal de Ribeiro, um dançarino profissional, de como uma pessoa branca se parece quando dança. Isso tipifica um trabalho coreográfico com direitos autorais."

Compare: