Topo

Coluna

Chico Barney


De volta à Marvel, Conan resgata escravas sexuais em Porto Alegre

Conan, o gaudério - Reprodução/Marvel
Conan, o gaudério Imagem: Reprodução/Marvel
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

01/11/2019 13h06

As aventuras de Conan foram transformadas em quadrinhos pelas mentes criativas da Marvel nos anos 70. O personagem de revistas pulp do autor Robert E. Howard se deu muito bem na nona arte, com diversos clássicos considerados fundamentais pelos leitores —especialmente o material roteirizado por Roy Thomas e desenhado por John Buscema.

Depois de um tempo sem os direitos de criação e publicação, eis que a Marvel voltou a produzir histórias inéditas com o cimério. São dois títulos mensais com alguns dos melhores autores contemporâneos de quadrinhos, "Conan, O Bárbaro" e "A Espada Selvagem de Conan". A Panini está publicando ambos os gibis no Brasil.

Mas além das cativantes sagas na chamada Era Hiboriana, a Casa das Ideias cometeu uma ousadia: fez com que Conan viajasse no tempo e agora ele faz parte de uma equipe dos Vingadores, ao lado de figuras como Wolverine, Venom, Elektra e Justiceiro. São os Vingadores Selvagens.

Em uma edição especial lançada nesta semana nos Estados Unidos, Conan foi parar em Porto Alegre. Com o time de heróis em busca do maléfico feiticeiro Kulan Gath, acabou entrando em rota de colisão com exploradores sexuais.

A princípio interessado nos préstimos de profissionais em um prostíbulo, como sempre foi do seu feitio, o cimério logo compreendeu a situação e puniu os responsáveis, além de libertar as vítimas.

Conan liberta escravas sexuais em Porto Alegre - Reprodução/Marvel
Conan liberta escravas sexuais em Porto Alegre
Imagem: Reprodução/Marvel

A Marvel está lembrando do Brasil com certa frequência, quase nunca de maneira lisonjeira. Em outro festejado gibi recente, foi revelado que estamos na lista de nações inimigas dos X-Men, junto com Irã, Venezuela e Coreia do Norte.

Conan pareceu não apreciar o país muito mais que os mutantes. Em dado momento, reclama de maneira enfática: "Kulan Gath deve ter amaldiçoado esta terra! As mulheres são escravas, o vinho parece urina e os insetos são do tamanho do meu punho".

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney