Topo

Coluna

Chico Barney

Candidatura de Luciano Huck teria evitado "Caldeirão" em sábado de Copa

Reprodução/TV Globo
Luciano Huck é apresentador do "Caldeirão" Imagem: Reprodução/TV Globo
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

16/06/2018 18h55

Imagino que a Copa do Mundo tenha levado um público diferente para o “Caldeirão do Huck” neste sábado. Apresentado ao vivo, o programa trouxe todas as marcas registradas do apresentador: o carinho exagerado com gente em voga (chamou Neymar de “Juninho” e leu uma mensagem de WhatsApp do Thiaguinho) e a obsessiva predileção por quadros de assistencialismo.

Nesse ponto, o que difere a atração de Luciano Huck dos programas de Rodrigo Faro ou Eliana é a capacidade de produção e o discurso carregado de clichês do empreendedorismo. Cá entre nós, não há absolutamente nada de errado com isso. Mas é inegável que o material difere muito do resto da programação da Globo.

O verniz sofisticado que a linguagem moderna e o visual pré-millennial que Luciano imprime não conseguem disfarçar. Quer dizer, até conseguem: se o programa do Geraldo Luís na Record quebrou pela falta de anunciantes, Huck é um dos motores da nossa economia. Imagino até que o apresentador hoje seja uma figura ainda mais reconhecida pelas campanhas publicitárias que protagoniza do que pela performance do Caldeirão.

Mas a tão discutida candidatura do marido de Angélica ao planalto teria feito muito bem aos sábados da Globo. O cancelamento de “Estrelas” foi um bom começo, “Matrioskas” foi uma experiência equivocadamente interessante, e “SóTocaTop” com Fê Souza e Luan Santana deve comover a audiência.

Seria a oportunidade de ouro para oxigenar a faixa do Caldeirão. Foi bastante frustrante ver o papo de comadres com Tino Marcos no intervalo entre os jogos da Copa, e pior ainda o que veio depois da partida entre Croácia e Nigéria. Muito oba-oba e pouco conteúdo, um interesse vazio pelo que é célebre. Acho que merecemos coisa melhor.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.