Topo

Coluna

Chico Barney

A mistura do Brasil com a Síria: Kaysar é adotado pelo povo

Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

01/06/2018 16h13

Em plena Amazônia, no que parece ser uma piscina de hotel, Kaysar coloca a mão no queixo e sorri de maneira mecânica, mas simpática, para a câmera. Está usando um cocar extravagante, ornado com penas brancas e marrons, além de algumas pedras pretas.

O sírio maravilha está vivendo o sonho brasileiro. Todos os anseios daqueles que buscam a fama e o sucesso nos trópicos estão se realizando para Kaysar. Hoje lotou uma ótica em Manaus, com tudo o que há de pitoresco e fascinante em um evento desses. Mas a febre tropical vai além.

O ex-BBB também figurou em um videoclipe de funk produzido pelo famigerado Kondzilla. “Chacoalhando” é da lavra de MC Leléto e já conta com mais de 1 milhão de visualizações em apenas dois dias. Com versos como “deixa eu dar uma conferida na sua bunda”, a obra ainda traz a presença da fundamental Tainá Grando, a coreógrafa ostentação.

E não para por aí. Nos braços calorosos do povo, adotado pelo Brasil, Kaysar protagonizará uma partida de futsal, sabe-se lá porquê, contra o craque Falcão. Também já sorteou um iPhone X entre seus fãs, pois é isso que as celebridades novatas fazem no Instagram. Diretamente da piscina em Manaus, do alto do seu cocar, ele escreveu: “obrigado Brasil por todas oportunidades”.

Mas não é por acaso que Kaysar está tão grato. Apesar de não ter vencido o BBB 18, conseguiu recomeçar a vida graças ao carinho da torcida. Agora só falta o jabá da cinta modeladora!

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!