Topo

Coluna

Chico Barney

Clipe de Cleo Pires tem repercussão meia bomba

Reprodução
Cleo Pires no clipe "Jungle Kid" Imagem: Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

11/05/2018 15h50

O pós-grunge universitário de Cleo Pires finalmente ganhou tradução audiovisual com a estreia do clipe de "Jungle Kid". A estreia mereceu pompa e circunstância, com cobertura dos bastidores pelo "Vídeo Show" e posterior premiere no "TVZ" do Multishow.

A expectativa era alta, conforme avaliamos de maneira equilibrada na coluna de ontem. Uma das mais provocativas artistas desta pátria amada teria plenas condições de fascinar a audiência e se tornar rapidamente um sucesso viral.

Não é bem o que aconteceu. O público parece ter dado de ombros com a novidade, se considerarmos a performance tímida no YouTube. Enquanto estas linhas tortas são digitadas, o clipe reúne 100 mil visualizações em suas primeiras horas - números semelhantes ao que qualquer pré-adolescente naufragando em piscinas de achocolatados consegue em menos de 20 minutos.

Do ponto de vista artístico, o material também não chega a animar. Algumas imagens sem maiores significados, numa pretensão conceitual que não chega a lugar nenhum. Como ponto positivo, Cleo em dado momento parece Kim Kardashian comendo uma bolacha água e sal.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber