Topo

Coluna

Chico Barney

Estamos em 2018 e Rick Bonadio acaba de inventar o Limp Bizkit

Manuela Scarpa/Foto Rio News
?O nu metal é um boné com elástico que não nos serve mais? Imagem: Manuela Scarpa/Foto Rio News
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

04/01/2018 18h18

O Rei Midas da música pop nacional chama-se Rick Bonadio. Amplamente reconhecido por ter produzido o disco do Mamonas Assassinas, também foi responsável pelos sucessos “O Dogão é Mau” e alguns dos mais notáveis discos do CPM 22.

Durante muitos anos foi figurinha fácil em programas de calouros, onde emprestou seu carisma e elegância para instruir jovens talentos em busca de sucesso.

Recentemente voltou aos holofotes quando representou o Brasil em um debate estético e artístico contra Alok, DJ popular que ridicularizou um clássico dos Mamonas em revoltante versão EDM (eletronic dance music).

Parece que agora o campeão voltou de vez. Nesta quinta-feira (4) um post em seu Facebook ganhou as ruas. Com um delay de duas décadas, Bonadio inventou o gênero “nü metal”, que entre outros feitos, popularizou aqueles bonés com elástico.

O produtor das estrelas está em busca de bandas brasileiras que sejam inspiradas pelo rock do Led Zeppelin mas que também tenham vocalistas que saibam fazer rap. Uma adorável combinação que deu ao mundo clássicos já devidamente esquecidos: Limp Bizkit, Korn e, bom, até os Detonautas.

O revival do nu metal pode tirar o Brasil da crise? Talvez.

Esse empreendedorismo fora do tempo é uma característica fascinante dos artistas brasileiros. Quem lembra aquela vez que o Dinho Ouro Preto criou o YouTube com alguns anos de atraso?

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!