Coluna

Chico Barney

Retorno dos Trapalhões originais já é a notícia mais importante de 2018

Reprodução
A abertura clássica de "Os Trapalhões" Imagem: Reprodução
Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

02/01/2018 14h17

Olha as coisas melhorando. O Canal Viva começou o ano trazendo de volta episódios de "Os Trapalhões" exibidos originalmente em 1988. Depois da estreia, as emoções continuarão ocorrendo de segunda a sexta, começando costumeiramente entre 20h15 e 20h30.

Não ficou claro se a emissora vai apresentar os programas na íntegra ou uma seleção de melhores quadros. Mas tanto faz: o simples fato de termos acesso aos Trapalhões originais todo santo dia, com certa qualidade de áudio e vídeo, já é o suficiente.

O primeiro episódio abriu com uma sequência de grande impacto.

Didi “dubla” Maria Bethânia

Nunca vi muita graça nas dublagens dos Trapalhões, mas certamente são um filão clássico e amplamente querido pelo público. Também é uma ótima oportunidade para prestigiar as caras e bocas de um Didi Mocó no auge. >

O primo “importante pra cacildis” do Mussum

Mussum fica se gabando do primo “machão” que foi para os Estados Unidos e virou empresário do Michael Jackson. E eis que ele retorna imponente como Vera Verão. Dá pra dizer que é uma esquete tão subversiva quanto alguns episódios de “Seinfeld” ou “Curb Your Enthusiasm”, justamente por expor os preconceitos e hipocrisias da sociedade. Vai de cada um julgar a peça preconceituosa ou como uma denúncia bem-humorada, especialmente pelo final. A dinâmica do primo ganharia releituras posteriores, inclusive na famosa série do quartel. 

Didi vendendo ovo pela janela

Tenho a impressão que “Hermes e Renato” é descendente direto desse quadro. A virulência como Didi reage com os interlocutores e suas expressões faciais parecem ter inspirado muito a criação de figuras como o Joselito. A participação do “macarrão de hospital” é brilhante.

O episódio ainda contou com a cantora de forró Clemilda em um videoclipe da música “Seu Delegado, prenda o Tadeu”, obra que só poderia existir nessa distopia tropical em que vivemos.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo