Topo

Coluna

Chico Barney

A vida é muito curta para perder tempo com a "Liga da Justiça"

Divulgação/Montagem UOL
Os heróis do filme "Liga da Justiça" não criam nenhuma conexão e fica impossível torcer por qualquer um dos integrantes Imagem: Divulgação/Montagem UOL
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

20/11/2017 04h00

Se você gostou de "Batman vs Superman: A Origem da Justiça", vai adorar "Liga da Justiça". Mas isso significa que provavelmente teremos que interná-lo para que receba um tratamento adequado.

A DC tem muita vergonha de seus personagens. Até entendo os motivos e não posso dizer que não compartilho do sentimento. Mas é impressionante como o medo de abraçar o universo ridículo daqueles super-heróis do século passado faz com que o atual esforço cinematográfico da casa de Superman, Batman e Mulher-Maravilha tenha resultados ainda mais patéticos.

Como a empresa não gosta muito do material que tem em mãos, procura fazer de tudo para disfarçar. A abordagem "dark e verossímil" (que piada) do Christopher Nolan na Trilogia do Batman Fanho continua a limitar as cabeças e corações dos criadores da Warner.

Chegaram a fazer um esforço para deixar o filme mais engraçadinho, mas para isso tiveram que eliminar qualquer parte do roteiro que fizesse sentido, tanto que somos apresentados ao vilão e à trama principal por meio de dois flashbacks curtos narrados pela Mulher-Maravilha. Em termos de storytelling, isso é mais ou menos como ir ao supermercado trajando Crocs e regata: é uma atitude típica de quem desistiu oficialmente de tudo e não se importa com o que vão falar a seu respeito.

Todas as coisas realmente relevantes para o filme aconteceram em "Batman vs Superman", então "Liga da Justiça" é um interminável epílogo para um filme que já tinha consumido 3h30 da vida de milhares de desafortunados.

Os heróis não criam nenhuma conexão genuína e fica impossível torcer por qualquer coisa que não seja o fim de tão desagradável experiência. Você sente falta de ter algum desenvolvimento dos personagens, até que começam a desenvolvê-los um pouco e automaticamente sentimos saudades da época em não sabia nada sobre eles.

Caso ainda não esteja plenamente demovido da ideia de perder seu tempo com "Liga da Justiça", algumas observações sobre cada integrante da equipe.

Batman

Divulgação
Se liga na LUPA do Bruce Imagem: Divulgação

O Bruce Wayne de Ben Affleck parece um piloto de F1 aposentado, melancólico enquanto beberica scotch em um local que definitivamente não é principado de Mônaco.

Quando veste a carapuça de homem-morcego, o sofrimento é pior. É angustiante saber que um ganhador do Oscar ficou fedendo durante meses por conta de uma participação tão besta. E infelizmente deu para sentir o odor na sessão em que estive presente.

Meu momento preferido é quando o Batman coloca aquele óculos iradíssimo da Oakley e parte para a porrada dentro de um jato ou coisa que o valha. Confesso que gostei porque pude checar com calma minhas menções no Twitter.

Mulher-Maravilha

Divulgação
"Eu trabalho com crianças, rs, ai ai!" Imagem: Divulgação

Gal Gadot é magnética e preenche a tela com louvor graças a sua luminosa presença, mas não faz muito além de franzir o cenho e dar sorrisinhos charmosos. Esperava muito mais, inclusive da atuação, mas deve ser muito difícil convencer com o nível lamentável de diálogos que reservaram à princesa Diana.

Flash

Reprodução
"Eu escutei um OK, obrigado? OK, obrigado!" Imagem: Reprodução

Só se comunica por intermédio de frases feitas, como aquele divertido Phellyx dos vídeos promocionais do Mc Donald’s. A diferença é que Phellyx funciona.

E apesar da história ser tão simplória que mais parece um trailer que ficou longo demais, ainda assim é pouco tempo de arte para enfileirar tantas piadinhas sem graça do Flash. É insuportável.

Superman

Divulgação
Alienígena alienado Imagem: Divulgação

O Homem de Aço agora é um zumbi, talvez para justificar a ausência de expressões na atuação deprimente de Henry Cavill. Importante notar que o Superman desse atual "universo cinematográfico" da DC não faz o menor sentido. Continua sem qualquer vestígio humanidade neste E.T. trapalhão que inferniza a vida dos cidadãos comuns desde sua estreia.

Ciborgue

Divulgação
A origem do Ciborgue é o que acontece enquanto fazemos outros planos Imagem: Divulgação

A Marvel teve a parcimônia de ir apresentando seus personagens principais ao longo de milhares de filmes na preparação para os Vingadores. A DC não tem tempo a perder, mas acha que a audiência tem.

Lembra daquele episódio do "Seinfeld" sobre o "yada yada yada"? A origem do Ciborgue é meio assim. Tinha esse moleque, o pai dele era cientista, yada yada yada, agora ele tem esses poderes.

Aquaman

Divulgação
Venha rir de um herói do seu tamanho Imagem: Divulgação

De todos os personagens que a DC tem vergonha, talvez o Aquaman seja o mais proeminente. Pegaram um cabeludo fortão de "Game of Thrones" para evitar que o herói continuasse a ser vítima de bullying. Só que as ideias pararam por aí: o novo Aquaman é um cabeludo fortão de "Game of Thrones". Que conceito!

O vilão

Bom, talvez seja o suficiente dizer que o vilão se chama Lobo da Estepe. A DC julgou ser mais que suficiente, pois ficamos sabemos de pouca coisa além disso.

É a mesma trama de "Os Vingadores" 1 e 2, só que com ainda menos carisma. E em vez das joias do Infinito, as "Caixas Maternas". Fiquei esperando em vão o Lobo da Estepe olhar para a câmera durante alguma batalha e falar "não é a mamãe!".

De todos os elementos genéricos deste filme pavoroso, certamente o vilão é o mais inócuo. A motivação nunca fica clara, o plano não faz sentido e a única coisa tridimensional é o efeito de computador para dar vida ao personagem.

"Liga da Justiça" é outro trabalho dos grandes estúdios visando piorar os sintomas da crise de ansiedade em nossos jovens. Tudo é pensado para parecer apenas mais um capítulo em uma grande saga que não terá fim enquanto estivermos vivos.

O tempo não está do lado dos ávidos consumidores de cultura pop. É melhor procurar outro assunto para investir os últimos anos da sua juventude discutindo a respeito na internet.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!