Coluna

Chico Barney

Mulher-Melão resiste em busca de relevância na música popular brasileira

Divulgação
"Novinho de 23", nova música da Mulher Melão, é baseada em um relacionamento da funkeira Imagem: Divulgação
Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

16/05/2017 13h33

As mulheres fruta constituíram um importante movimento cultural durante o final da primeira década do século 21. Puxadas pelo retumbante sucesso musical da Mulher-Melancia, transformaram o funk em vigorosa salada.

Algumas de suas representantes mais proeminentes acabaram tomando rumos inesperados.

- Mulher-Pera tentou carreira como apresentadora infantil, a insólita “Fadinha do Brasil”, e depois fracassou nas urnas;

Mulher-Moranguinho tornou-se mais conhecida como esposa de Naldo Benny, que, por sua vez, simplesmente deixou de ser conhecido;

Mulher-Maçã virou referência nacional quando o assunto é Steve Jobs, tendo escrito o mais memorável obituário na ocasião da morte do fundador da Apple.

Quem persiste com relevância no universo da música popular brasileira é Renata Frisson, a Mulher-Melão. Além de continuar criando notinhas divertidas para a imprensa especializada em fofocas, o último bastião do Urachismo voltou às paradas de sucesso graças ao hit “Novinho de 23”.



A música é um tanto indecente e razoavelmente desavergonhada, como todo bom funk costuma ser. Apesar de chamar seu cônjuge de novinho, a narrativa de Frisson nunca esclarece se 23 é a idade do rapaz ou algum curioso detalhe sobre sua anatomia. Sutilezas espalhadas pela letra da música reforçam seu caráter dúbio.

Realizado pela produtora do Kondzilla, mais importante diretor brasileiro da atualidade, o clipe já ostenta quase 1 milhão e meio de visualizações em pouco mais de uma semana no ar. Um clipe produzido por ele é importante chancela para quem pretende se tornar uma estrela no mundo do funk - ou voltar a ser, como é o caso da Mulher-Melão.

Para quem está por fora das grandes jogadas, vale frisar que Kondzilla tem o canal mais assistido do YouTube brasileiro. Foi por intermédio da produtora que pudemos acompanhar a ascensão de artistas do quilate de Tati Zaqui (“Parara tibum”, “Placa no Chão”), G15 (“Deu Onda”) e MC João (“Baile de Favela”).

O conjunto da obra do diretor certamente já foi mais assistido que qualquer trabalho de Fernando Meirelles, Walter Salles e Gláuber Rocha. E certamente tem causado transformações sociais e culturais ainda mais indeléveis.

Trata-se de um ótimo agouro ver o carisma de Renata Frisson associado a tão poderosa máquina de difusão.

Em um mundo cada vez mais dominado pela estética low carb, a redentora trajetória de uma mulher-fruta constitui importante injeção de açúcar em nossas veias. Estejamos todos preparados para os sabores de vindouras estações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo