PUBLICIDADE
Topo

Baterista do Barão Vermelho, Guto Goffi lança terceiro álbum solo

Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

Colunista do UOL

23/01/2020 18h05

Além de baterista e um dos fundadores do Barão Vermelho ao lado de Cazuza e Frejat, Guto Goffi também se dedica a fotografia. Foi com um material produzido por ele há 15 anos que foi pensado seu terceiro álbum solo, "C.A.O.S".

"C.A.O.S. significa confusões artísticas de obras sonoras. Uma ideia que começou com imagens que criei, a partir de fotos que tirei e que alterei no computador, trazendo cores inusitadas, e deformações necessárias, hiper coloridas em fotos que congelaram momentos, sentimentos, e instantes mágicos da vida e reflexões da minha vida", explica Guto.

As ilustrações coloridas deram origem as faixas que estão no trabalho sucessor de "Bem", de 2016. Alguns parceiros estão presentes no álbum como os três "barões" Maurício Barros, Fernando Magalhães e Rodrigo Suricato. Guto Goffi assina sozinho três músicas do álbum.

A versão digital do álbum estará disponível nas principais plataformas de música a partir de amanhã (24). A ideia é que "C.A.O.S" ganhe ainda a versão em CD, livro de poemoas e um box com os três CDs solos do artista. Para isso, Gutto abriu uma vaquinha virtual na plataforma Kickante e conta com a colaboração dos fãs.

Entretenimento