Topo

Coluna

Adriana de Barros


Reserve 42 minutos do seu dia para ouvir "Vox Populi" da Nomade Orquestra

Nomade Orquestra lança "Vox Populi" com show na sexta-feira (21), no Sesc Santo André, em São Paulo - Divulgação
Nomade Orquestra lança "Vox Populi" com show na sexta-feira (21), no Sesc Santo André, em São Paulo Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

17/06/2019 13h23

Em um momento que se faz necessária a palavra, a Nomade Orquestra lança o terceiro álbum da carreira. Dessa vez, o instrumental vem acompanhado por vozes.

A banda convidou artistas como Juçara Marçal, Russo Passapusso, Siba e Edgar para passar a mensagem das oito faixas que compõem "Vox Populi - Vol.1", que significa no latim "voz do povo". Eles também estarão juntos no show de lançamento desta sexta (21), no Sesc Santo André, na Grande São Paulo.

O contrabaixista Ruy Rascassi, um dos fundadores da banda criada em 2012, encara o disco como uma "subdiscografia", já que pretendem dar continuação à série com novos encontros.

Em entrevista à coluna, o músico fala como surgiu o desejo de colocar vozes no projeto e o rumo dos próximos volumes.

Adriana: Por que optaram por vozes? O momento pede?
Ruy Rascassi: Sem duvidas! O começo disso tudo é a observação. Durante a caminhada da Nomade, passamos por várias cidades no Brasil e na Europa, com dois discos instrumentais, que é o nosso viés e sempre será. O que sempre nos chamou a atenção foi esse poder de comunicação que a música instrumental tem, essa capacidade de ultrapassar a barreira da língua estrangeira e todos ouvintes conseguirem se conectar de alguma forma com o som. Desde então, alguma coisa ainda poderia complementar até chegar a uma experiência completa nos nossos shows e isso só seria possível através da voz. Assim surgiu o "Vox Populi", que é o grito das entranhas da nossa música traduzida e decodificada por esses quatro cantores, que se conectaram com nossa música de forma muito verdadeira e sincera. E, eu particularmente, acredito que essas são vozes contemporâneas necessárias para esses dias nublados que vivemos, da consciência humana.

Nos próximos volumes vocês trarão novos cantores?
"Vox Populi" será a coletânea onde iremos desenvolver esses encontros com os cantores parceiros e amigos, nacionais e internacionais. Em primeira mão vou dizer que iremos lançar ainda esse ano, provavelmente setembro, mais um disco. Os volumes sempre terão duas versões: instrumental e com vozes.

Juçara Marçal, Russo Passapusso, Siba e Edgar estarão no palco com vocês no show de lançamento da sexta, no Sesc Santo André?
Sim! Missão difícil essa por conta das agendas deles. Então, eu diria que é uma oportunidade e tanto ver esse show completo com os quatro cantores.

Como seguirão nos shows seguintes?
A ideia dos próximos shows é continuar nossa caminhada instrumental, o "Vox Populi" é realmente um projeto especial, vez ou outra pode ser que tenhamos participações individuais desses cantores, ou até mesmo dependendo da ocasião um novo encontro com todos.

Abaixo as músicas de "Vox Populi" com as participações:

1 - Ocidentes Acontecem (part. Edgar)
2 - Agente Russo (Part. Russo Passapusso)
3 - Eró Iroko (Part. Juçara Marçal)
4 - Temporada De Caça (Part. Siba)
5 - Plena Magia (Part. Russo Passapusso)
6 - Constante Mesmice (part. Edgar)
7 - Ginga Ponteiro (Part. Siba)
8 - Poeta Penso (Part. Juçara Marçal)

Serviço
Nomade Orquestra lança "Vox Populi"
Quando: 21 de junho - sexta, às 21h
Onde: Sesc Santo Andre - Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Inf: https://www.sescsp.org.br