PUBLICIDADE
Topo

CPM 22 celebra boa fase com o clipe "Ser Mais Simples"; veja

Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

24/08/2017 04h00

O hardcore melódico do CPM 22 voltou com tudo. Com mais de 20 anos de estrada, a banda comemora o retorno ao "mainstream" com o lançamento do clipe de "Ser Mais Simples". A música está no mais recente trabalho da banda, "Suor e Sacrifício", lançado em abril, com 16 faixas inéditas.

Composta por Phil Fargnoli, que deixou o Deadfish para integrar a banda em 2014, a letra fala de superação nos versos "Vou seguir, enfrentar/Vou pagar pelas escolhas que eu fiz".

Em conversa com a coluna, o vocalista Badauí explica que considera o clipe um presente aos fãs, que sempre se mostraram fieis ao grupo. "O CPM tem um público que curte nossos clipes. Vale a pena cantar mais de 15 vezes a mesma música. Gravar e regravar. Quando a gente vê, o resultado é demais. Fazemos isso para eles", explica. Sob direção de Daniel Ferro, que já assinou outros trabalhos dos meninos, a gravação aconteceu em um dia em um galpão na zona leste de São Paulo.

Mesmo com a música nas rádios e uma agenda com cerca de 12 shows por mês, o músico lamenta a falta de espaço para o rock tem nas rádios e emissoras de TV. "Só está difícil virar o rock porque ninguém divulga, mas o gênero vive uma fase criativa", desabafa.

Veja abaixo os bastidores da gravação

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL