UOL Entretenimento 29º Bienal de Arte
 
14/10/2010 - 18h08

Terreiros da Bienal têm artista que ficou nu e grupo alemão de dança; veja

Da Redação
  • Terreiro O Outro, O Mesmo recebe Dating Your Enemy (foto) neste sábado (16), às 17h

    Terreiro "O Outro, O Mesmo" recebe "Dating Your Enemy" (foto) neste sábado (16), às 17h

Conhecido por ter morado nu no pavilhão deixado vazio pelos curadores da Bienal há dois anos, o artista Maurício Ianês participa da edição deste ano com "Glossolália", na qual tenta colecionar relatos do público para lê-los numa grande performance no fim deste mês. A ação faz parte da programação dos chamados terreiros --espaços complementares da 29ª edição.

Além de Ianês, é destaque o grupo alemão de dança contemporânea Cocoondance, que apresenta no sábado (16) a montagem de "Dating You Enemy", inspirada em "Na Selva das Cidades", do dramaturgo alemão Bertolt Brecht.

Veja abaixo a programação dos terreiros até o dia 21 de outubro:

::15/10 (sexta-feira)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 5 - 9h15; 13h30, 18h
"Surname Viet, Given Name Nam", Trinh T. Minh-ha, 1989, Estados Unidos (108min)
"Rouch in Reverse", Manthia Diawara, 1995, Estados Unidos e Reino Unido (52min)
"Margem", Maya Da-Rin, 2007, Brasil, Colômbia e Peru (64min)

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)

9h - 19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento termina com uma grande leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

::16/10 (sábado)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 6 - 15h
"Thinking in Loop: Three Videos on Iconoclasm, Ritual and Immortality", Boris Groys, 2002 -2007, Alemanha (74min)
"Une Visite au Louvre", Danièle Huillet e Jean-Marie Straub, 2004, França, Alemanha e Itália (45min)
"Out of the Present", Andrei Ujica, 1995, Alemanha (95min)

Terreiro "Eu Sou a Rua" (debates)

16h - Mesa 16: Marilena Chauí - A filósofa e professora inicia uma série semanal de conversas com o público sobre assuntos e obras da 29ª Bienal de São Paulo.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)

17h - Cocoon Dance - O grupo alemão de dança contemporânea Cocoondance apresenta montagem de "Dating You Enemy", com elenco formado por bailarinos brasileiros e alemães.

9h - 19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento termina com uma grande leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

::17/10 (domingo)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 7 - 13h30, 16h20
"Ulysse", Agnès Varda, 1982, França (22min)
"Sylvia Kristel - Paris", Manon de Boer, 2004, Holanda (40min)
"A Letter to Uncle Boonmee", Apichatpong Weerasethakul, 2009, Tailândia, Reino Unido e Alemanha (17min)
"66 Scenes from America", Jørgen Leth, 1982, Dinamarca (39min)
"Parque de la Memoria - Monumento a las Víctimas del Terrorismo de Estado", Eduardo Feller, 2010, Argentina (25min)

9h -19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento se conclui com uma grande leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

  • Carlos Cecconello / Folhapress

    Artista Maurício Ianês recolhe relatos do público
    na sua intalação "Glossolália"


::18/10 (segunda-feira)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 8 - 10h
"Journeys from Berlin/1971", Yvonne Rainer, 1980, Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha (120min)
"Reminiscences of a Journey to Lithuania", Jonas Mekas, 1972, Estados Unidos e Alemanha (78min)

14h - Exibição especial do filme "Pacific" (Marcelo Pedroso, 2009, Brasil, 73min) seguida de conversa com o diretor Marcelo Pedroso acompanhado de Ilana Feldman.

Sinopse - Uma viagem de sonho em um cruzeiro rumo a Fernando de Noronha. As lentes dos passageiros captam tudo a todo instante. E eles se divertem, brincam, vão a noitadas. Desfrutam de seu ideal de conforto e bem-estar. E, a cada dia, aproximam-se mais do tão sonhado paraíso tropical.

Marcelo Pedroso editou imagens feitas por passageiros passageiros de um Cruzeiro e capturadas por uma equipe.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
9h -19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento se conclui com uma grande leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (debates)
16h30 - Conversa aberta com Martino Tatara e Pier Vittorio Aureli - sobre a noção de "a cidade como um projeto" e apresentação de projetos próprios. Colaboração com o projeto "Esboço Para Novas Culturas". Mediação: Graziela Kunsch e Paulo Miyada, editores da revista Urbânia 4. Inf.: http://urbania4.org

::19/10 (terça-feira)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)

Filmes - Programa 9 - 9h, 12h, 15h30
"Xarabovalha", Heloisa Buarque de Hollanda, 1978, Brasil (13min)
"Pátio", Glauber Rocha, 1959, Brasil (11min)
"Frantz Fanon", Isaac Julien, 1996, Reino Unido (70min)
"‘Âshûrâ’: This Blood Spilled in My Veins", Jalal Toufic, 2002, Líbano (81min)

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
9h -19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento se conclui com uma leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (debates)
16h30 - Debate sobre o Direito dos animais - com Vânia Rall Daró

::20/10 (quarta-feira)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 10 - 10h30, 15h
"Otolith Group I", Otolith Group, 2009, Reino Unido (22min)
"Otolith Group II", Otolith Group, 2009, Reino Unido (48min)
"Otolith Group III", Otolith Group, 2009, Reino Unido (49min)
"Handsworth Songs", Black Audio Film Collective, 1986, Reino Unido (61min)
"Signs of Empire", Black Audio Film Collective, Reino Unido (15min)
"Image of Nationality", Black Audio Film Collective, Reino Unido (15min)

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
9h - 19h - "Recepção Para o Nada" - Para a programação dos terreiros da Bienal de São Paulo, o artista Marco Paulo Rolla propôs uma obra intitulada "Recepção Para o Nada". Na recepção, onde se aspira a um encontro marcado, se encontra o nada como espaço expandido para o sensível. Até o dia 24, uma obra composta por uma instalação mutante abrigará várias performances que trabalharão o cotidiano deslocado. Do homem burocrático representado e desmontado até o ápice de sua própria existência. Este evento é realizado em parceria com o Sesc.

No Sesc em novembro (data a definir) - apresentação do espetáculo “Disyquilibrio”, de Marco Paulo Rolla e Dududi Herman.

[Vídeos: 9h - “Fio Condutor”, “Trans” e “Deformador Analógico”. Performances: 14h30 - "Homens de Preto" - com Marco Paulo Rolla, Inácio Ribeiro e Marcus David. 15h30 - "Narciso" - com Marco Paulo Rolla. 16h30 - "Homens de Preto" - com Marco Paulo Rolla, Janaina Tábula, Marcus David e Inácio Ribeiro. 18h - "O Visível e o Invisível" - com Marco Paulo Rolla]

Terreiro "Eu Sou a Rua" (debates)
9h -19h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento se conclui com uma leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.

  • Divulgação

    Cena de "Iluminai os Terreiros", vídeo que integra a programação dos terreiros e tem codireção do artista plástico Nuno Ramos


::21/10 (quinta-feira)

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
Filmes - Programa 1 - 9h15, 14h, 18h
"Iluminai os Terreiros", Eduardo Climachauska, Gustavo Moura e Nuno Ramos, 2006, Brasil (44min)
"New Babylon de Constant", Victor Nieuwenhuijs e Maartje Seyferth, 2005, Holanda (13min)
"Brasília, Contradições de Uma Cidade Nova", Joaquim Pedro de Andrade, 1967, Brasil (30min)
"Ya es Tiempo de Violencia", Enrique Juarez, 1969, Argentina (45min)
"100comédia 3", Cripta Djan, 2008 (44min)
"Tombée de Nuit sur Shangaï", Chantal Akerman, 2007, Bélgica (15min)

Terreiro "Eu Sou a Rua" (debates)
14h30 - Conferência - "O Social na Arte - Qualidade X Igualdade?"

 

Esta conferência tratará do papel da arte no contexto do século 20, tendo como foco o aparente conflito entre qualidade (valor artístico) e igualdade (o desejo de que o maior número de pessoas criem produtos culturais). São estes dois imperativos compatíveis ou correm o risco de serem condenados e acusados como banalidades e/ou falsa democracia?

Palestrante: Claire Bishop (crítica de arte e docente da CUNY)

Mediação: Fábio Cypriano (PUC/SP e Folha de S.Paulo)

A conferência é parte do 1º Simpósio Internacional do Curso Arte: História, Crítica e Curadoria da PUCSP - Outras Utopias da Arte Contemporânea, com apoio da 29ª Bienal de São Paulo. Inf.: www.pucsp.br/outrasutopias

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
9h - 19h - "Recepção Para o Nada" - Para a programação dos terreiros da Bienal de São Paulo, o artista Marco Paulo Rolla propôs uma obra intitulada "Recepção Para o Nada". Na recepção, onde se aspira a um encontro marcado, se encontra o nada como espaço expandido para o sensível. Até o dia 24, uma obra composta por uma instalação mutante abrigará várias performances que trabalharão o cotidiano deslocado. Do homem burocrático representado e desmontado até o ápice de sua própria existência. Este evento é realizado em parceria com o Sesc.

No Sesc em novembro (data a definir) - apresentação do espetáculo “Disyquilibrio”, de Marco Paulo Rolla e Dududi Herman.

[Vídeos: 9h - “Confortável”, “Café da Manhã” e “Objetos do Desejo”. Performances: 16h - "Homens de Preto" - com Marco Paulo Rolla. 17h - "Menina de Estimação" - com Marco Paulo Rolla e Janaina Tábula. 18h - "Homens de Preto" - com Marco Paulo Rolla, Anderson Gouvêa, Janaina Tábula, Inácio Ribeiro e Marcus David.

20h - "Concerto Distorcido" - com Marco Paulo Rolla, Inácio Ribeiro e Marcus David]

Terreiro "Longe Daqui, Aqui Mesmo" (leituras)
9h -22h - Maurício Ianês - "Glossolália". Para a ação "Glossolália", Maurício Ianês irá criar um espaço de convivência e diálogo contínuo com o público, ocupando diversos terreiros entre 7 e 27 de outubro. O evento se conclui com uma grande leitura dos relatos coletados, no dia 30 de outubro.


29ª BIENAL DE SÃO PAULO
Quando:
de seg. a qua., das 9h às 19h (entrada até as 18h); qui. e sex., das 9h às 22h (entrada até as 21h); sáb. e dom., das 9h às 19h (entrada até as 18h); até 12/12
Onde: Pavilhão da Bienal (parque Ibirapuera, portão 3, tel. 0/xx/11/5576-7600)
Quanto: entrada franca

Fale com
UOL Entretenimento

Siga UOL Entrete

GUIA DE RESTAURANTES

Mais Guias

Hospedagem: UOL Host