Informações sobre o álbums
  • editoria:Arte
  • galeria: Vanguarda russa é tema de exposição com Malevitch, Kandinsky e Chagall em SP
  • link: http://entretenimento.uol.com.br/album/virada_russa_ccbb_bsb_album.htm
  • totalImagens: 28
  • fotoInicial: 2
  • imagePath: http://d.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120131171828
Fotos
Mostra "Virada Russa", que chega dia 15/9 a São Paulo, reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo. Acima, "Fiorde Christiania", de Vladímir Baránov-Rossiné Divulgação Mais
Acima, "Nova Jerusalém", de Aristarhk Lentúlov. Mostra "Virada Russa" reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo Divulgação Mais
Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a mostra "Virada Russa" chega a São Paulo. O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca. Acima, a obra "Cabeça de Camponês", de Kazimir Malévich Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília recebe, a partir de 7 de abril a exposição "Virada Russa: A Vanguarda na Coleção do Museu Estatal Russo", que reúne 123 obras do período chamado de vanguarda russa, produzidas entre 1890 e 1930. Acima, "Passeio", de Marc Chagall Divulgação Mais
"Movimento no Espaço", de Mikhail Matiúchin (1921). Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a exposição "Virada Russa" chega a São Paulo Divulgação Mais
A mostra "Virada Russa" pretende ilustrar as transformações que a arte russa sofreu com as transformações políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista. Acima, quadro de Pavel Filonov Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca. Acima, obra "Marujo" (1911), de Vladimir Tatlin Divulgação Mais
"Suprematismo", de Olga Rózanova. Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a mostra "Virada Russa" chega ao CCBB de São Paulo. A exposição pretende ilustrar as transformçãoes que a arte russa sofreu com as mudanças políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista Divulgação Mais
Acima, "Combinação de Materiais", de Vladímir Liébedev. O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo recebe, a partir de 15 de setembro, a exposição "Virada Russa: A Vanguarda na Coleção do Museu Estatal Russo", que reúne 123 obras do período chamado de vanguarda russa, produzidas entre 1890 e 1930. Acima, obra "Barbeiro" (1917), de Mikhail Lariónov Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo recebe, a partir de 15 de setembro, a exposição "Virada Russa: A Vanguarda na Coleção do Museu Estatal Russo", que reúne 123 obras do período chamado de "vanguarda russa", produzidas entre 1890 e 1930. Acima, obra "Círculo Branco", de Alexander Rodchenko Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca. Acima, "Suprematismo", de Kazimir Malévich Divulgação Mais
Mostra reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo. Acima, obra em exposição no CCBB de Brasília Sergio Lima/Folha Imagem Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca. Acima, "Inverno", de Natalia Gontcharova Divulgação Mais
"Composição Não Objetiva (Suprematismo)", de Olga Rózanova (1916). Mostra "Virada Russa" reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo Divulgação Mais
"Pintura Arquitetônica", de Liubov Popova. A mostra "Virada Russa" reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo Divulgação Mais
Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a mostra "Virada Russa" chega ao CCBB de São Paulo. A exposição pretende ilustrar as transformçãoes que a arte russa sofreu com as mudanças políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista. Acima, visitantes observam obra no CCBB de Brasília Sergio Lima/Folha Imagem Mais
"Virada Russa" recebe trabalhos de artistas como Marc Chagall, Vassili Kandinski, Kazimir Maliévitch, Natalia Gontcharova e Pavel Filónov Sergio Lima/Folha Imagem Mais
Mostra pretende ilustrar as transformações que a arte russa sofreu com as transformações políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista. Acima, obra em exposição no CCBB de Brasília Sergio Lima/Folha Imagem Mais
"O Komsomol Militarizado", de Aleksandr Samokhválov. Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a mostra "Virada Russa" chega ao CCBB de São Paulo. A exposição pretende ilustrar as transformçãoes que a arte russa sofreu com as mudanças políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista Divulgação Mais
Depois de passar por Brasília e Rio de Janeiro, a exposição "Virada Russa" chega ao CCBB de São Paulo Sergio Lima/Folha Imagem Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo recebe, a partir de 15 de setembro, a exposição "Virada Russa: A Vanguarda na Coleção do Museu Estatal Russo", que reúne 123 obras do período chamado de "vanguarda russa", produzidas entre 1890 e 1930. Acima, "São Jorge", de Kandinski Divulgação Mais
Mostra reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo Sergio Lima/Folha Imagem Mais
"Virada Russa" recebe trabalhos de artistas como Marc Chagall, Vassili Kandinski, Kazimir Maliévitch, Natalia Gontcharova e Pavel Filónov Sergio Lima/Folha Imagem Mais
"Virada Russa" recebe trabalhos de artistas como Marc Chagall, Vassili Kandinski, Kazimir Maliévitch, Natalia Gontcharova e Pavel Filónov Sergio Lima/Folha Imagem Mais
A mostra reúne 123 obras trazidas do acervo do Museu Estatal Russo de São Petesburgo. Acima, obras de Kazimir Malévich Sergio Lima/Folha Imagem Mais
Acima, trabalho de Aleksandr Ródtchenko. A mostra "Virada Russa" pretende ilustrar as transformações que a arte russa sofreu com as transformações políticas por que a Rússia passou no fim do século 19 e no início do século 20, com a revolução comunista Divulgação Mais
O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo fica na r. Álvares Penteado 112, no Centro (Telefone: 11 3113-3651). A exposição fica em cartaz de 15 de setembro a 15 de novembro, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é franca. Acima, "Prato Suprematismo", de Nicolai Suiétin Divulgação Mais

Vanguarda russa é tema de exposição com Malevitch, Kandinsky e Chagall em SP

Mais álbuns de UOL Entretenimento x

Veja mais: SÃO PAULO EXPÕE OBRAS DE CHAGALL E KANDISNKY , A RADICALIDADE RUSSA , FERREIRA GULLAR: QUADRO NEGRO

Últimos álbuns de Entretenimento

UOL Cursos Online

Todos os cursos