Baterista do Black Sabbath não lembrava como tocar, diz Ozzy sobre reunião da banda

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/David McNew

    Da esquerda para a direita, Bill Ward, Ozzy Osborne, Geezer Butler e Tony Lommi. No Brasil, só não se apresenta o baterial Bill Ward

    Da esquerda para a direita, Bill Ward, Ozzy Osborne, Geezer Butler e Tony Lommi. No Brasil, só não se apresenta o baterial Bill Ward

De acordo com Ozzy Osbourne, em entrevista à revista "Mojo", o verdadeiro motivo para o baterista Bill Ward não ter se juntado a volta da banda setentista foi ele não lembrar como se tocava bateria. 

"Nós olhávamos para o Bill e ele não conseguia lembrar o que ele estava fazendo. Mas ele não jogou limpo e disse: "eu não posso fazer essa turnê, mas podemos trabalhar em alguma coisa fora, eu vou com algum baterista me apoiando ou eu posso tocar apenas algumas músicas. Isso teria sido legal", disse o vocalista.

Ward, sentado na bateria, tinha adesivos no instrumento para fazê-lo lembrar das sequências. "Eu disse algo como, o que você está fazendo Bill?" e ele me respondeu "eu não consigo lembrar o que tenho que fazer". Para substituir Ward, o baterista do Rage Against The Machine, Brad Wilk, toca na turnê de "13" e no álbum que marca o retorno dos integrantes da formação original com Ozzy. 

O Black Sabbath passa pelo Brasil em outubro, quando se apresenta em três cidades: Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. 

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos