"Sou o intelectual mais importante do Brasil", diz Paulo Coelho a revista

Do UOL, em São Paulo

  • Honopix/AE

    22.ago.2012 - O autor brasileiro Paulo Coelho fala durante palestra na Campus Party, realizada em Berlim, capital da Alemanha, nesta quarta-feira (22)

    22.ago.2012 - O autor brasileiro Paulo Coelho fala durante palestra na Campus Party, realizada em Berlim, capital da Alemanha, nesta quarta-feira (22)

Autor de 22 livros, Paulo Coelho revelou que se considera o maior intelectual do país por ter ensinamentos acessíveis a toda população. "Eu sou o intelectual mais importante do Brasil. Por quê? Porque tenho alguma coisa a dizer. E para todo mundo, e não entre os intelectuais", declarou em entrevista à revista "Rolling Stone Brasil" de setembro.

O escritor tornou-se alvo de uma polêmica recentemente, ao afirmar que "Ulysses", de James Joyce, poderia ser resumido a um tuíte. Mas à revista ele contou que foi surpreendido positivamente pela reação do público no momento: "Primeiro eu achava que só ia levar pau. E finalmente fiquei muito impressionado com o apoio de gente que eu nunca esperei".

Atualmente, o autor de 65 anos está lançando um novo romance, "Manuscrito Encontrado em Accra", que se passa na Jerusalém de 1099, e diz que tem muito interesse na cidade. "Eu tenho uma obsessão por essa área do planeta. Acho que tudo começou ali e tudo vai acabar ali", acrescenta.

Morador de Genebra, na Suíça, Paulo Coelho confessou ainda que faz questão de ser discreto quando vem ao Brasil. "Nunca digo quando vou para o Brasil, porque senão todo mundo vai querer me encontrar ou pedir uma entrevista", disse.

Últimas de Entretenimento

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos