País soma 200 feiras e festivais literários em 2012

Do UOL, de São Paulo

  • Olivia Harris/Reuters

    Bienal do Livro de SP é uma das 200 feiras e festivais literários que acontecem este ano no país

    Bienal do Livro de SP é uma das 200 feiras e festivais literários que acontecem este ano no país

A 22ª Bienal do Livro de São Paulo, que acontece entre 9 a 19 de agosto, vem se somar aos cerca de 200 festivais e feiras literárias, segundo o calendário organizado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN).

Segundo informações divulgadas pela Agência Brasil, o calendário se propõe a facilitar o apoio oficial a esses eventos, que podem receber entre R$ 100 mil e R$ 50 mil diretamente, dependendo do tamanho do evento, ou apoios variados por meio de editais ligados à Lei Rouanet, do Ministério da Cultura.

Segundo o presidente da FBN, Galeno Amorim, o foco principal da instituição está no apoio às atividades descentralizadas, nas periferias das grandes cidades e em cidades do interior.

A diversidade de feiras (eventos mais comerciais, com maior diversidade de títulos) e festivais (com maior participação de autores e debates) é alvo de um esforço do governo, que busca combater a concentração no eixo Sul/Sudeste. Segundo a FBN, esse objetivo não teve sucesso até agora.

Jorge Teles, da FBN, afirma que grandes eventos como a Bienal de São Paulo tem papel relevante, apesar de centralizarem os mercados. "Para tornar o Brasil um país de leitores você vai trabalhar com criação, e também com a produção e difusão do livro. Isso tem um clímax nas grandes feiras. Nossa preocupação não é com o gigantismo, mas com a não existência de alternativas", disse.

Últimas de Entretenimento



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos