Representantes de jornais debatem desafios da era digital em SP

São Paulo, 21 ago (EFE).- A Associação Nacional de Jornais (ANJ) destacou nesta terça-feira o potencial de oportunidades para a imprensa escrita nos canais de internet e o desafio representado por esse mercado, segundo apontou o novo presidente da entidade, Carlos Fernando Lindenberg Neto.

"Com internet temos um novo mundo à frente, muito admirável, que nos oferece grandes oportunidades e o que nós temos para oferecer é insubstituível: a informação de qualidade", declarou Lindenberg ao tomar posse do cargo no último dia do 9º Congresso da ANJ.

Lindenberg Neto, diretor da "Rede Gazeta" do Espírito Santo, assumiu a presidência da entidade que reúne os 154 principais jornais do país com o desafio de enfrentar "as mudanças provocadas pela internet na imprensa".

O diretor para a América Latina da empresa de consultoria de estudos de consumo Target Group Index, Roberto Lobl, assinalou durante seu discurso no congresso que 79% da população que se conecta à internet lê os jornais em sua versão digital e metade dessa percentagem só acessa um jornal por mês.

"Nesse caso é a fidelidade a uma marca e notamos que esses leitores fiéis na web são em sua maioria mulheres e jovens", expôs Lobl, alertando para a necessidade de explorar mais as ferramentas oferecidas para os telefones celulares.

Nesse sentido, o diretor de Concepção e Interface do portal UOL, Julio Cesar Gomes Duram, defendeu o aperfeiçoamento dos mecanismos de busca oferecidos pelos jornais em suas páginas de internet.

No congresso da ANJ, fundada em 1979 e que representa 90% dos jornais em circulação no país, foram debatidos durante dois dias os novos modelos de negócios, o aumento de mortes, atentados e ameaças contra jornalistas e a censura à liberdade de imprensa.

A presidente em fim de mandato da ANJ, Judith Brito, propôs a auto-regulação como um dos suportes para "consolidar" a liberdade de imprensa.

"A auto-regulação é o caminho necessário e natural de uma imprensa como a nossa", afirmou Judith em seu discurso de despedida. EFE

wgm/rsd



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos