Florença apresenta desenhos inéditos de Michelangelo

  • Carlo Ferraro/EFE

    Detalhe de um dos desenhos em carvão de Michelangelo encontrados em uma sala secreta na Basílica de San Lorenzo de Florença, na Itália

    Detalhe de um dos desenhos em carvão de Michelangelo encontrados em uma sala secreta na Basílica de San Lorenzo de Florença, na Itália

Esplêndidos desenhos em carvão de Michelangelo encontrados em uma sala secreta sob uma capela dos Médicis, na Basílica de San Lorenzo de Florença, foram apresentados nesta segunda-feira (10) à imprensa.

Os desenhos são o testemunho da obra de um artista obrigado a se esconder.

O gênio do Renascimento italiano teve de permanecer escondido nesta pequena sala subterrânea durante três meses para escapar do ataque das tropas espanholas contra Florença, em 1529.

Em seu estilo reunindo musculatura, movimento e força, o artista riscou as paredes da pequena sala secreta com esboços para suas futuras obras.

A capela, a "Sacristia Nova", que data de 1521, abriga as tumbas dos Médecis esculpidas pelo próprio Michelangelo.

A sala secreta foi descoberta em novembro de 1975, durante trabalhos de restauração, mas por razões de segurança permanecerá fechada aos turistas, disse a diretora do museu, Monica Bietti.

Em 1527, os cidadãos de Florença depuseram os Médicis e estabeleceram a República. A partir do outono de 1529 e após dez meses de sítio, as tropas do Imperador Carlos V derrubaram a República e restabeleceram o reino dos Médicis.

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos